Fundação do Câncer inaugura Hospital no Rio de Janeiro


Na manhã desta segunda-feira, dia 29, a Fundação do Câncer – instituição privada e sem fins lucrativos que há mais de 25 anos atua na prevenção e controle do câncer no país – inaugurou seu primeiro hospital, localizado no Méier, bairro da Zona Norte do Rio de Janeiro. A unidade, especializada em oncologia, vai oferecer toda a linha de cuidados aos pacientes com suspeita ou diagnóstico de câncer e foi projetada para ser um centro de referência.

De acordo com o Dr. Marcos Moraes, fundador da Fundação do Câncer, o hospital completa a atuação da instituição, ao lado do ensino e da pesquisa, com a assistência direta. “É com muito orgulho que entregamos este presente à população Lá atrás, tivemos o desafio de criar o Programa Nacional de Controle de Câncer e de transformar a Fundação em referência na área no Brasil. De lá pra cá, foram anos de investimento em pessoas e inúmeros avanços em relação aos cuidados na área. O hospital tem um significado importantíssimo dentro desse contexto. Estamos colocando nossa experiência em prática e partindo para a assistência. Os resultados serão apresentados não somente com a filantropia, mas principalmente para os pacientes, com tratamento humanizado”.

Hospital Fundação do Câncer nasce com a filosofia de ofertar atenção oncológica integrada, aliando tecnologia de ponta e humanização dos serviços. “Acreditamos em uma medicina que reaproxima os médicos dos pacientes. Tanto pacientes quanto familiares merecem ser bem tratados. Vamos oferecer um atendimento mais acolhedor, buscando sempre a excelência no atendimento. Contamos com um corpo clínico empenhado no propósito de oferecer tratamento com real possibilidade de cura. Além disso, vamos seguir gerando conhecimento científico, formando novos profissionais na área, com a vivência integral que um hospital deste porte nos permite ter”, disse o diretor da unidade, o cirurgião oncológico e mastologista Carlos Frederico Lima.

 

Estrutura e serviços

Hospital Fundação do Câncer oferecerá, em um só lugar, infraestrutura completa para o tratamento multidisciplinar no combate ao câncer, desde o diagnóstico. A unidade possui 7.400 metros quadrados de área construída, quatro salas cirúrgicas, 14 consultórios, e mais de 80 leitos, incluindo internação e Day Clinic. Em pleno funcionamento, contará com aproximadamente 450 colaboradores e a estimativa é que sejam realizadas cerca de 6.000 consultas, 7.000 exames de diagnóstico (imagem e endoscopia) e 420 cirurgias por mês.

Entre os serviços prestados estão: atendimento ambulatorial; Day Clinic; diagnóstico por imagem (endoscopia digestiva alta e baixa, ressonância magnética, radiografia, ultrassonografia, tomografia computadorizada e mamografia digital com tomossíntese); laboratório de análises clínicas; pronto atendimento 24 horas; agência transfusional; farmácia clínica; quimioterapia; radioterapia; cirurgia oncológica; Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e cuidados paliativos.

“O diferencial na linha de cuidados ao câncer é a etapa do diagnóstico e, por isso, fizemos um grande investimento nessa área. O câncer é uma doença tempo-dependente, ou seja, quando detectado na fase inicial, as chances de cura aumentam consideravelmente”, contou Carlos Frederico Lima.

O Hospital terá, a partir de 2018, o tratamento de radioterapia com equipamentos modernos. São dois aceleradores lineares para tratamentos em 4D (em quatro dimensões), IMRT (de intensidade modulada) e VMAT (arcoterapia volumétrica modulada). As máquinas são as mais modernas no mercado e têm possibilitado avanços significativos, com precisão milimétrica da região a ser tratada.

Seja o primeiro a comentar on "Fundação do Câncer inaugura Hospital no Rio de Janeiro"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*