Escolas estaduais que desenvolvem boas práticas vão ser premiadas com até R$ 25 mil


Neste ano, o “Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação” chega a sua 11ª edição. Professores, pedagogos e gestores educacionais que desenvolvem experiências bem-sucedidas nas unidades escolares da rede estadual já podem se preparar. As inscrições terão início nesta sexta-feira (02), totalmente on-line, por meio do site www.educacao.es.gov.br .

O Prêmio Sedu contempla três categorias: “Boas Práticas do Professor”, “Boas Práticas do Pedagogo/Coordenador de Turno” e “Boas Práticas do Gestor Escolar”. Além disso, a Superintendência com o maior número de relatos de experiências inscritos também será homenageada.

A premiação vai reconhecer os resultados expressivos, alcançados em 2016 ou 2017 (até a data final das inscrições), em projetos desenvolvidos nas unidades escolares da rede pública estadual, descritos em relatos de experiência.

“Vamos premiar bons projetos e ideias inteligentes que, com certeza, ajudam a melhorar a educação capixaba. A premiação é um incentivo para continuarmos promovendo uma educação de qualidade, com inteligência para aproveitar as ferramentas que temos. Esperamos que neste ano tenhamos ainda mais projetos inovadores, que mobilizaram toda a equipe escolar, os estudantes e a comunidade”, destacou o secretário de Estado da Educação, Haroldo Rocha.

A divulgação dos projetos selecionados como finalistas será publicada no site da Sedu – www.educacao.es.gov.br no dia 11 de novembro. Em dezembro, ocorrerá a solenidade comemorativa com a apresentação dos projetos vencedores, em data ainda a ser definida.

Inscrições

As inscrições ocorrerão no período de 02 de junho a 09 de agosto, e os interessados em concorrer ao prêmio deverão ler atentamente a Portaria que regulamenta o Prêmio.

Neste ano, a inscrição será pela internet, por meio do site da Sedu – www.educacao.es.gov.br. Deverá ser escrito um relato da experiência devidamente comprovada, evidenciando a qualidade e os resultados obtidos.

Além disso, o candidato deverá também entregar uma cópia do relato da experiência em CD-ROM (gravada em arquivo DOC/DOCX), com identificação legível do participante, e enviar em envelope lacrado à Superintendência Regional da unidade escolar jurisdicionada, contendo, na parte externa do envelope, a indicação “Prêmio SEDU: Boas Práticas na Educação – 11ª Edição”, a categoria e o tema correspondentes.

Para concorrer, o projeto deve ter sido desenvolvido e concluído nos anos de 2015 ou 2016, desde que tenha sido finalizado até a data final das inscrições ou ainda estar em andamento, por meio da comprovação de resultados já alcançados.

Todas as informações sobre o Prêmio e de como realizar a inscrição estarão disponíveis na Portaria publicada no Diário Oficial do Estado nesta sexta-feira (02).

Premiação

O professor autor principal, assim como o pedagogo/coordenador de turno e o gestor autor principal de cada projeto vencedor, classificados em 1º ou 2º lugar, vão receber um notebook e um data show. As escolas onde os projetos vencedores foram desenvolvidos serão beneficiadas em R$ 25 mil, para a unidade cujo projeto for classificado em primeiro lugar; e R$ 20 mil, para a unidade cujo projeto foi classificado em segundo lugar. Também serão conferidos troféus aos finalistas classificados em 1º ou 2º lugares por tema e certificados aos demais classificados por tema, pela contribuição ao desenvolvimento da educação no Estado.

Além disso, a 11ª Edição do Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação homenageará a escola com o maior número de projetos inscritos ao longo das edições do Prêmio e também a Superintendência com o maior número de projetos premiados ao longo das edições.

Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação

É uma iniciativa da Secretaria de Estado da Educação (Sedu) e tem como objetivo valorizar os profissionais que contribuem para um ensino público com cada vez mais qualidade, e que desenvolveram, dentro do ambiente escolar, experiências bem-sucedidas.

Em 2016, o Prêmio Sedu: Boas Práticas na Educação bateu recorde de inscrições. Foram 352 trabalhos inovadores inscritos.

Seja o primeiro a comentar on "Escolas estaduais que desenvolvem boas práticas vão ser premiadas com até R$ 25 mil"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*