Banco de Alimentos da Ceasa doa mais de 13 toneladas de alimentos

A iniciativa beneficiou, nesta sexta-feira (2), 78 associações que fazem trabalho social

Maria José Pereira, de 74 anos, oferece refeições diariamente a cerca de 500 pessoas, que atende de forma gratuita no Setor Norte do Gama. O trabalho, sem fins lucrativos, beneficia moradores da região que vivem em vulnerabilidade social.

Nesta sexta-feira (2), a associação dela foi uma das 78 que receberam parte da doação de mais de 13 toneladas de alimentos não perecíveis feita pelo Banco de Alimentos da Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa). Os itens foram arrecadados no Festival do Japão Brasília, da Federação das Associações Nipo-Brasileiras do Centro-Oeste.

Para a colaboradora do governo Márcia Rollemberg, que estava na cerimônia de entrega do material, as ações do banco são exemplo de uma política integrada, com vários órgãos em prol de uma causa. “É um trabalho conjunto para fazer de Brasília um lugar com segurança alimentar. A gente quer uma cidade onde as pessoas tenham acesso a alimentos mais saudáveis.”

Banco de Alimentos da Centrais de Abastecimento do Distrito Federal (Ceasa) doa mais de 13 toneladas de alimentos não perecíveis. A iniciativa beneficiou, nesta sexta-feira (2), 78 associações que fazem trabalho social.

Banco de Alimentos da Ceasa doa mais de 13 toneladas de alimentos não perecíveis. A iniciativa beneficiou, nesta sexta-feira (2), 78 associações que fazem trabalho social. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

A Ação Social Nossa Senhora do Perpétuo Socorro Promovida, da qual Maria Lourdes Costa, de 72 anos, faz parte, chega a fazer mais de 10 quilos de arroz por dia. O local atende 220 crianças de 6 a 14 anos, com aulas de reforço escolar no contraturno da escola.

Ela conta que a ajuda que recebe do banco é fundamental. “Sobrevivemos de doação. Tudo o que oferecemos é por meio da solidariedade das pessoas.” Os beneficiados ainda fazem curso de teatro e música e recebem atendimentos médico e dentário.

Em cada turno, são três refeições diárias na entidade que fica em São Sebastião. Antes de ser inscrita na ação social, a família recebe uma visita para que seja identificado o nível de vulnerabilidade e depois disso passa por um sorteio.

Programa de Doação Simultânea da Ceasa

A arrecadação dos alimentos faz parte do Programa de Doação Simultânea, uma parceria da Ceasa com entidades públicas e privadas. Na prática, as instituições fazem eventos culturais ou esportivos e trocam ingresso por alimentos não perecíveis. Quando chegam ao Banco de Alimentos, os produtos são selecionados e distribuídos à rede de entidades cadastradas.

Segundo o presidente da Ceasa, José Deval da Silva, no mês passado, o banco bateu o recorde no programa Desperdício Zero, que evitou que 34 toneladas de alimentos fossem para o lixo.

Para cadastrar entidades de assistência social, basta acessar o site da empresa, preencher o formulário de inscrição e entregar, juntamente com os documentos exigidos, ao banco.


Seja o primeiro a comentar on "Banco de Alimentos da Ceasa doa mais de 13 toneladas de alimentos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*