Técnicos discutem propostas para levar ao Fórum Brasileiro de Educação Ambiental

As discussões integram a programação Junho Verde, promovida pelo órgão, que se estenderá até o dia 30.

O encontro nacional acontecerá no período de 17 a 20 de setembro em Santa Catarina

Com o intuito de agregar e articular diversos setores da educação ambiental, técnicos de vários do governo e de instituições não governamentais estiveram reunidos na manhã desta sexta-feira, 2, no auditório da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) com a finalidade de consolidar uma carta-proposta para fortalecer as políticas dirigidas para a educação ambiental.

O trabalho faz parte do pré-fórum e acontece em todos os Estados como preparação para o IX Fórum Brasileiro e IV Encontro Catarinense de Educação Ambiental, que ocorrerá na Universidade do Vale do Itajaí no período de 17 a 20 de setembro de 2017.

No Amapá, a Comissão Interinstitucional de Educação (Ciea/AP) é responsável pela organização e apresentação das propostas, entre elas, A instituição da Conferência Nacional de Meio Ambiente para os alunos do ensino médio; alocação de recursos para projetos cujos indicadores sejam focados na sustentabilidade; promover o estreitamento da governabilidade local e nacional.

As discussões integram a programação “Junho Verde”, promovida pelo órgão, que se estenderá até o dia 30 com uma agenda extensa de palestras, exposições de produtos e plantas medicinais, feira de alimentação e apresentações culturais.

De acordo com a coordenadora de Educação Ambiental da Sema, Nazaré Figueira, a Ciea tem um papel fundamental para fortalecer e enraizar a educação ambiental do Estado e tem a função de coordenar as políticas para a área.

“A comissão foi criada em 2005 e foi pensada para um diálogo mais aproximado com os ministérios do Meio Ambiente e Educação sendo um colegiado democrático e de formação paritária. As reuniões estão acontecendo desde a data de 17 de maio, sendo este, o quarto e último encontro que antecede o fórum”, explicou.

Estiveram presentes representantes da Secretaria de Estado da Educação, Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama, Ministério Público Estadual, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa, Instituto Guarda Parque Florestal do Amapá, Equipe de Conservação da Amazônia, entre outros.

Seja o primeiro a comentar on "Técnicos discutem propostas para levar ao Fórum Brasileiro de Educação Ambiental"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*