Caravana Pro Paz atende mais de 980 pessoas no primeiro dia


Iasmin da Silva, 14 anos, acaba de ser mãe. Seu filho, João Guilherme, tem apenas 18 dias. Nem a mãe nem o filho tinham certidão de nascimento. Ela havia perdido a sua e aproveitou a Caravana Pro Paz Cidadania, que iniciou neste domingo, 11, em Bragança, para registrar seu filho, momento importante da sua história.

“Vim em busca de tirar o registro do meu filho porque sei que é essencial para que ele possa ter acesso à saúde, bolsa família e outras coisas importantes para a vida dele. Não sabia que poderia tirar a segunda via de graça e aproveitei esse momento”, disse a jovem mãe.

Ela é apenas uma das mais de 980 pessoas atendidas apenas no primeiro dia de Caravana Pro Paz Cidadania, que iniciou pela cidade de Bragança, levando serviços de emissão de 1ª e 2ª vias de Certidão de Nascimento, Carteira de Identidade, Carteira Social, Carteira de Trabalho, fotos 3×4 e atendimento jurídico. A ação é uma iniciativa do Governo do Pará, por meio da Fundação Pro Paz, em parceria com as Secretarias de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster) e Extraordinária de Municípios Sustentáveis (Semus), além da Defensoria Pública e Polícia Civil.

Para o prefeito de Bragança, Raimundo de Oliveira, a integração estado e município é essencial para a construção de políticas públicas consistentes para a população. “Para mim, como gestor, é um sonho ver Bragança despertar, sorrir e proporcionar mais oportunidades para a população e para a juventude”, afirmou o prefeito, enquanto retirava a segunda via do seu RG na caravana.

A caravana Pro Paz Cidadania ficará na cidade até o dia 14 de junho, com serviços sendo ofertados na Quadra do Senai BR-308 – próximo à escola Rio Caeté, iniciando o atendimento sempre às 8h da manhã para a distribuição de senhas. A ideia é emitir ao dia 450 carteiras de identidade; 100 carteiras de trabalho (restrita apenas aos dias úteis); certidões de nascimento, atendimentos jurídicos, ID Jovem e fotos ilimitadas.

Josias da Silva, 35 anos, é pai de Cauã da Silva, de apenas 15 dias, e aproveitou esse momento para emitir a certidão de nascimento do seu filho. “É caro e difícil tirar um documento e tendo essa oportunidade a gente aproveita. Até eu pude tirar minha segunda via, sem custo”, explicou.

Celso Correa, 29 anos, acordou cedo, colocou sua família na bicicleta e saiu da comunidade Acarajós, localizada a 20 quilômetros de distância de Bragança, em busca da segunda via de sua certidão de nascimento. “É sempre ruim porque tenho dificuldades de, com essa certidão velha, solicitar algum tipo de serviço público. Além disso, minha esposa também não tem mais a certidão e aproveitou para tirar”, explicou.

Juventude

O diferencial da caravana este ano é a emissão do ID Jovem, programa do Governo Federal para jovens de 15 a 29 anos, que garante meia-entrada em eventos artístico-culturais e esportivos e vagas gratuitas ou com desconto em sistemas de transporte coletivo interestaduais.

“Hoje aqui temos vários jovens do município trabalhando como voluntáios na emissão dos documentos e isso apenas reforça o quanto a sociedade tem necessidades, mas também que participar de alternaivas para suprir essa necessidade”, argumentou a titular da Semus, Izabela Jatene.

Arielle Valdez foi a primeira jovem a retirar o documento na caravana e acredita ser importante que os jovens bragantinos tenham acesso ao documento. “Meu maior interesse são as viagens e a entrada no cinema. Quero aproveitar o máximo possível esse benefício e achei muito legal chegar até mim”, reforçou a jovem.

O Pro Paz Cidadania surgiu em 2011 para oferecer às populações em situação de vulnerabilidade dos municípios paraenses serviços nas áreas da saúde e cidadania, como emissão de documentos, assistência jurídica, atendimento médico e odontológico.

A partir das cidades-polo das regiões de integração, o programa atende grande parte dos municípios, investindo principalmente na emissão de documentos para reduzir o sub-registro no interior do Estado. O programa conta com a adesão de diversos órgãos e secretarias do Governo do Estado, além de prefeituras e instituições não governamentais, que tornaram-se parceiros com papel fundamental nas ações que, em quatro anos, já chegaram a mais de 2 milhões de atendimentos.

Depois de Bragança, a Caravana segue para Augusto Correa, nos dias 16 e 17; Tracuateua, 19 e 20; Primavera, 22 e 23; Quatipuru, 25 e 26 e São João de Pirabas, 28 e 29. Em julho a caravana passa pelos municípios de Santarém Novo, Salinópolis, Cachoeira do Piriá, Santa Luzia do Pará, Ourém, Nova Esperança do Piriá, Garrafão do Norte, São Domingos do Capim, Igarapé- Açu e São Francisco do Pará. A caravana segue por outros municípios do nordeste paraense até o final do mês de setembro.

A titular da Secretaria Extraordinária de Muncípios Sustentáveis, Izabela Jatene, reforça a importância da caravana chegar a mais municípios paraenses. “Hoje já temos 104 municípios que manifestaram o interesse de fazer parte dos municípios sustentáveis e a partir daí vamos ter a construção de uma agenda articulada de governo para potencializar essa agenda de estado e município”, conclui.

Seja o primeiro a comentar on "Caravana Pro Paz atende mais de 980 pessoas no primeiro dia"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*