Operação conjunta fiscaliza medidores de velocidade de veículos de transporte e carga


Ipem e PRF realizam a ação intensiva até dezembro

O Instituto de Pesos e Medidas do Amapá (Ipem/AP) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizaram nesta terça-feira, 13, uma operação de fiscalização com foco em cronotacógrafos (medidores de velocidade, que também monitoram o tempo de uso e a distância percorrida), obrigatórios em todos os veículos de transporte de passageiros com peso bruto acima de 4.536 kg ou com capacidade para mais de dez passageiros.

A operação “Estradas mais seguras com a verificação metrológica” ocorreu na Rodovia Juscelino Kubitschek e 54 veículos foram abordados, sendo seis notificados por apresentarem problemas com o equipamento.

De acordo com Ronildo Nobre, coordenador técnico do Ipem/AP, conduzir o veículo com registrador instantâneo inalterável de velocidade e tempo viciado ou defeituoso é uma infração grave que acarreta na emissão de um termo de ocorrência, no qual o proprietário do veículo deverá receber auto de infração com prazo de dez dias para recorrer, implicando em multas.

“As fiscalizações ocorrem rotineiramente e devem seguir intensificadas até 18 dezembro. São analisados os prazos dos certificados dos cronotacógrafos e as condições dos discos que estão sob a competência da PRF. O disco do diagrama colocado no cronotacógrafo registra dados importantes, que são legalmente aceitos como prova em caso de acidentes ou denúncias de má condução”, pontuou Nobre.

Seja o primeiro a comentar on "Operação conjunta fiscaliza medidores de velocidade de veículos de transporte e carga"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*