Centro Educacional Agrourbano Ipê conquista 2º lugar em concurso internacional sobre água

O Centro Educacional Agrourbano Ipê, em Brasília, desenvolve há seis anos projetos de soluções sustentáveis para o bom uso da água, envolvendo os alunos e a comunidade local (Foto: TV MEC)

Projeto de alunos da escola no Riacho Fundo II ficou entre os cinco finalistas nacionais do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo, entregue em junho em São Paulo

Alunos do Centro Educacional Agrourbano Ipê, no Riacho Fundo II, ficaram entre os cinco finalistas nacionais do Prêmio Jovem da Água de Estocolmo e conquistaram o segundo lugar.

O concurso, sob organização do Instituto Internacional de Águas de Estocolmo, reúne propostas de jovens de todo o mundo que têm interesse em desafios relacionados à água e à sustentabilidade.

Para competir, os estudantes inscreveram o projeto Agrourbano Plantando Água, com iniciativas de educação ambiental no dia a dia da escola. Em 6 de junho, o grupo se uniu aos demais finalistas brasileiros e apresentou o trabalho em São Paulo (SP).

Com a ajuda do professor de biologia Leonardo Hatano, eles transcreveram em um relatório todos os detalhes de cada ideia executada no centro educacional. O documento cita ainda a revista Manual do Biodetetive, com conteúdo produzido essencialmente por jovens do 9º ano.

Segundo a estudante Victória da Silva Sousa, para participar do prêmio, eles explicaram como funciona cada atividade, com as funcionalidades e os resultados. “Na nossa rotina, temos projetos de captação de água da chuva, aquaponia [criação de peixes associada ao cultivo de hortaliças], sistema de agrofloresta, miniestação de saneamento básico e monitoramento das nascentes da região”, enumera Victória.

Ela e Vitoria Lustosa, ambas do 3º ano do ensino médio, foram as escolhidas para representar a escola na final do prêmio em São Paulo. Convidado para integrar o time, o ex-aluno Lucas Henrique Cardoso compôs a música Senhora Natureza. A criação, que se tornou um hino da educação ambiental da escola, foi apresentada no evento na capital paulista.

Centro educacional desenvolve ações ambientais desde 1995

Ações de cunho ambiental são promovidas pelo Agrourbano Ipê desde 1995. A localização do centro educacional, no Caub I, foi determinante para isso.

A região mistura características urbanas e rurais e abriga muitos habitantes dependentes de produção agrícola e próximos às nascentes do Capão Preto e Ipê/Coqueiros.

O que é o Prêmio Jovem da Água de Estocolmo

Criado em 1997, o Prêmio Jovem da Água de Estocolmo conta com a participação de milhares de jovens que inscrevem projetos nas etapas nacionais.

O objetivo é incentivar o desenvolvimento da ciência como alicerce para a resolução de problemas práticos e conflitos hídricos.

Neste ano, o concurso ocorre pela primeira vez no Brasil. O projeto vencedor vai representar o País em conferência mundial, em agosto, em Estocolmo, capital da Suécia.

Seja o primeiro a comentar on "Centro Educacional Agrourbano Ipê conquista 2º lugar em concurso internacional sobre água"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*