Terceiro dia da Campus Party tem palestras sobre educação e empreendedorismo


Brasilienses contaram para o público sua experiência com a criação de startups. O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, esteve no evento na tarde desta sexta-feira (16)

Entre palestras, workshops e oficinas na Arena — área fechada — e na Open Campus — área gratuita —, o terceiro dia da Campus Party Brasília ofereceu, entre tantas coisas, oportunidades para interessados conhecerem casos de sucesso de startups da cidade.

No palco Empreendedorismo e Startup Makers, o brasiliense André Macedo compartilhou a experiência de uma empresa de software que funciona como um fluxo de caixa básico, atualmente usado em mais de cem países.

“Comecei a ver que aqui no Brasil a maioria das empresas não faz controle financeiro”, contou ele. De acordo com Macedo, no segundo ano já havia alcançado meio milhão de clientes.

No palco Empreendedorismo e Startup Makers o brasiliense André Macedo compartilhou a experiência de uma empresa de software que funciona como um fluxo de caixa básico, atualmente usado em mais de cem países.

No palco Empreendedorismo e Startup Makers, o brasiliense André Macedo compartilhou a experiência de uma empresa de software que funciona como um fluxo de caixa básico, atualmente usado em mais de cem países. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

 

A ferramenta foi vendida para uma gigante do Vale do Silício. “Dá para sonhar grande, dá para fazer algo que muda a vida das pessoas”, destacou ele aos campuseiros e visitantes que acompanhavam a palestra.

“Dá para sonhar grande, dá para fazer algo que muda a vida das pessoas”André Macedo, empreendedor brasiliense e palestrante na Campus Party

Já Felipe Neuwald, que mora em Brasília há cerca de 15 anos, levou a experiência à frente de um negócio que conecta produtores de alimentos e consumidores na Califórnia, nos Estados Unidos.

Ele destacou a troca de experiências como “o maior bem que o evento pode trazer para as pessoas para desenvolver os ecossistemas de startups e de empreendedorismo e tecnologia na cidade”.

Educação: caminho para a criação de uma nova economia

O governador Rodrigo Rollemberg prestigiou o evento na tarde de hoje. Ele conversou com campuseiros no espaço Arena e ainda foi chamado para fazer uma participação em uma palestra voltada para estudantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O governador Rollemberg prestigiou o evento na tarde de hoje. Ele foi chamado para fazer uma participação em uma palestra voltada para estudantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

O governador Rollemberg prestigiou o evento nesta sexta (16). Ele foi chamado para fazer uma participação em uma palestra voltada para estudantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Foto: Renato Araújo/Agência Brasília

“Brasília tem um grande potencial com um número alto de doutores por habitantes. Temos que aproveitar esse nível de informação e conhecimento para criar uma nova economia”, pronunciou-se o chefe do executivo local durante a visita.

No palco principal, na Arena da Campus Party, o tema em debate era O papel dos pais no futuro da educação, com Evandro Peixoto e Michael Moraes, pais de Manoela Meroti e Matheus Barbosa, respectivamente — ambos com 9 anos.

Manuela começou a empreender aos 6 anos, tem canal no YouTube e foi palestrante da edição comemorativa da Campus Party Brasil neste ano. Já Matheus tem conhecimentos de programação e já promoveu oficinas.

Ao falar da vida de Matheus — que, desde os 7 anos ensina programação para crianças carentes ao lado do pai —, Michael Moraes frisou: “Independentemente do tamanho da família, o importante é conhecer o filho, sondar e entender o que a criança gosta. Se ela quer continuar fazendo é porque ela está gostando”.

Na plateia, o militar Márcio Ronner Monteiro, de 43 anos, e o filho Eric Caferate Matias, de 9 anos, assistiam atentos.

“Brasília tem um grande potencial com um número alto de doutores por habitantes. Temos que aproveitar esse nível de informação e conhecimento para criar uma nova economia”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

“Achei muito legal porque eles falam sobre a educação deles, o que eles fazem na escola, o que fazem para se divertir”, destacou o garoto, que estuda no 4º ano.

O pai contou que eles moram em Brasília e acamparam no evento na última noite. “Está sendo bastante interessante a experiência”. Eles aguardavam o restante da família que viria mais tarde para passear pela Open Campus.

Campus Party segue até domingo com mais de 44 mil participantes

Até o domingo (18), a Campus Party Brasília terá apresentado ao público de mais de 44 mil participantes mais de 250 horas de conteúdo voltado para ciência, tecnologia e inovação em uma maratona que começou na quarta-feira (14).

Tanto conteúdo se divide entre palestras, oficinas, fóruns e exposição de projetose de startups. Além disso, tem diversos tipos de simuladores, a etapa Brasília do Campeonato Brasileiro de Drones e partidas de hóquei entre robôs.

Seja o primeiro a comentar on "Terceiro dia da Campus Party tem palestras sobre educação e empreendedorismo"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*