Número de lojas virtuais cresce 31% no Ceará, diz pesquisa

O comércio eletrônico do Estado faturou quase R$ 3 milhões em 2016 e o segmento que mais se destacou foi moda e acessórios. Com objetivo de capacitar micros e pequenos empreendedores, acontece no dia 22.06, em Fortaleza, o Ciclo MPE.net

Segundo um levantamento feito pela Loja Integrada (www.lojaintegrada.com.br) – plataforma para criação de lojas virtuais mais popular do país com mais de 500 mil lojas criadas – o número de e-commerces no Ceará cresceu 31% em 2016 – comparado com o ano anterior. O faturamento das lojas virtuais do Estado nesse período também aumentou. Só no ano passado, o comércio eletrônico faturou quase R$ 3 milhões. No mesmo período, o número de lojas subiu de 2.400 para 3.161.

O segmento que mais se destacou em 2016 foi o de Moda e Acessórios (70,24%) com um faturamento de quase R$2 milhões de reais. Em segundo lugar: Games (7,15%) que somou mais de R$200 mil, segundo o levantamento feito pela Loja Integrada.

“O crescimento no número de lojas virtuais no Ceará mostra que os empreendedores estão encontrando grandes oportunidades nesse ramo. Muitos entraram no setor para ter uma segunda renda e hoje, muitos já têm a loja virtual como ganho principal”, explica Luiz Henrique Brandão, especialista em comércio eletrônico.

Ainda de acordo com o especialista, para abrir uma loja na internet, o investimento inicial e os riscos são mais baixos, já que não é preciso investir em um local físico e também é possível começar o negócio com um estoque pequeno, uma plataforma gratuita e em casa.

Foi o que aconteceu com o empresário Davi Queiroz, de 28 anos, que tinha loja física e abriu a loja virtual de roupas Miss Allegretti – (https://atacado.missallegretti.com.br/) há pouco mais de três anos. Segundo ele, investir no comércio eletrônico foi uma alternativa para completar a renda mensal, mas em pouco tempo a loja virtual se tornou principal negócio. “No começo eu tinha também uma loja física, mas percebi que ela estava me dando muitos gastos. Já o site, representava 90% do faturamento. Como estratégia de negócio, decidi ficar só com a loja virtual, que possibilita atender o Brasil todo. Estou muito feliz no comércio eletrônico”, completa Davi que é sócio junto com sua noiva.

Ciclo MPE.net

Com objetivo de capacitar micros e pequenos empreendedores, acontece no dia 22 de junho, quinta-feira, em Fortaleza, o Ciclo MPE.net. Durante o encontro, serão ministrados seminários gratuitos para capacitar os pequenos e microempreendedores que planejam abrir uma loja virtual ou que buscar melhorar o negócio que já tem.

O público presente poderá conferir entre as palestras, uma sobre o tema: Como escolher a plataforma ideal para o seu e-commerce, com Breno Nogueira. Outros assuntos serão abordados também: Como aumentar a chance de conseguir crédito para investir no seu negócio e Logística no comércio eletrônico.


Seja o primeiro a comentar on "Número de lojas virtuais cresce 31% no Ceará, diz pesquisa"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*