Demanda para locação é maior que venda no Distrito Federal

Levantamento do Wimoveis identifica, ainda, que a oferta de apartamentos e casas para alugar representa apenas um terço dos anúncios de venda 

Com 60 mil de ofertas, o Wimoveis, empresa do grupo Imovelweb e portal líder absoluto em anúncio de imóveis no Distrito Federal, apresenta o Index especial sobre oferta e demanda em Brasília e Distrito Federal.

O levantamento, realizado em maio de 2017, identificou que 75% do total de anúncios disponíveis no portal são destinados para venda e 25% para aluguel, proporção similar à apurada na cidade de São Paulo. No entanto, os anúncios para locação recebem 3.2 vezes mais procura que os imóveis a venda. Já os lançamentos são quatro vezes mais procurados que os imóveis usados, embora representem apenas 10% das ofertas. Atualmente, 65% dos imóveis anunciados  possuem até 10 anos e 25% tem mais de 10 anos.

O estudo identificou também que 22% dos imóveis disponíveis no portal são casas e 55% apartamentos. Destes, os de três dormitórios são os mais procurados pelos consumidores, acompanhados pelos imóveis de dois e de quatro quartos, respectivamente.

A pesquisa verificou, ainda, que a cidade de Brasília concentra 50% das ofertas de imóveis do Distrito Federal, seguida por Águas Claras (17%), Taguatinga (7%), Guará (5%), Samambaia (4%), Sobradinho (4%) e Vicente Pires (3%). Já na questão da demanda, Cruzeiro é a região que ocupa o primeiro lugar, sendo que Brasília fica na sexta posição.

O estudo mostra também que 30% dos consumidores que estão em busca de imóveis para comprar procuram fechar negócios que permitam financiamento e querem condomínios que ofereçam quadra poliesportiva. Além disso, 20% deles buscam espaços com jardim e área verde. Já entre os usuários que desejam alugar um imóvel, 10% preferem propriedades com jardim, área verde e sala de ginástica, enquanto 8% dos consumidores buscam por espaços com sauna e SPA.


Seja o primeiro a comentar on "Demanda para locação é maior que venda no Distrito Federal"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*