1º Automotive Techday, discuti eficiência energética e emissões


O Programa de Controle de Poluição do Ar por Veículos Automotores – Proconve, que definiu os primeiros limites de emissão para veículos leves no Brasil, foi criado em maio de 1986 para contribuir no atendimento aos padrões de qualidade do ar instituídos pelo Programa Nacional de Controle de Qualidade do Ar (Pronar).

Em outubro de 1993 a Lei nº 8.723 endossou a obrigatoriedade de reduzir os níveis de emissão dos poluentes de origem veicular, contribuindo para induzir o desenvolvimento tecnológico dos fabricantes de combustíveis, motores e autopeças, e permitindo que veículos nacionais e importados passassem a atender aos limites estabelecidos.

Após mais de 30 anos da criação do Proconve, quais são as tecnologias mais recentes para vencer o desafio de reduzir as emissões na indústria automotiva e, ao mesmo tempo, maximizar a eficiência energética? Para responder a esta e outras perguntas, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) promoverá em seu campus em São Paulo, no dia 28 de junho, o 1º Automotive Techday, em parceria com a IAV do Brasil, empresa de engenharia voltada à indústria automotiva.

A programação do workshop incluirá uma apresentação sobre os desafios e as tendências além do padrão de limite de emissão Euro VI, a cargo de dois profissionais da IAV: o vice-presidente executivo de Diesel Powertrain Mechatronics, Gerhard Buschmann, e o vice-presidente de engenharia avançada em termodinâmica, Marc Sens. Leonardo Costa, coordenador de Powertrain Mechatronics também da IAV, discutirá a aplicação prática do Proconve P8, que é a versão brasileira do Euro 6.

REGULAMENTAÇÃO NO BRASIL

O Programa Brasileiro de Combustíveis, Tecnologias Veiculares e Emissões (PCVE), destinado a desenvolver informações científicas sobre a influência dos combustíveis e das tecnologias veiculares nas emissões automotivas, foi instituído pelo Governo Federal em maio de 2016. Estudos de influência dos combustíveis e das tecnologias veiculares da frota nas emissões atmosféricas, levantamento de dados e informações científicas e o aprimoramento do monitoramento e da modelagem da qualidade do ar são algumas das ações previstas de cooperação.

As perspectivas de evolução na regulamentação do setor automotivo brasileiro serão discutidas no encontro pelos engenheiros mecânicos Francisco Baccaro Nigro e Marco Isola Naufal, da Secretaria de Energia e Mineração de São Paulo e do Laboratório de Motores do IPT, respectivamente, e pelo engenheiro mecatrônico Rafael Rodrigues de Mello, também do laboratório do IPT.

Seja o primeiro a comentar on "1º Automotive Techday, discuti eficiência energética e emissões"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*