Setrabes se reúne com equipe para verificar as necessidades do abrigo

Equipe da Setrabes vai a Brasília, na próxima segunda-feira, dia 3 de julho, discutir a situação dos imigrantes venezuelanos

A secretária–adjunta do Trabalho e Bem-Estar Social, Maria Edilânia de Almeida Mangueira, se reuniu, na manhã desta quinta-feira, 29,  no Ginásio Poliesportivo do bairro Pintolândia, onde está funcionando o CRI (Centro de Referência ao Imigrante), com um médico e dois especialistas em abrigos  e situação de calamidade, da organização não governamental MSF (Médicos sem Fronteiras).

De acordo com a secretária, a equipe fará um levantamento dos principais tipos de doenças acometidas nas pessoas que já passaram pelo Centro de Referência e também verificará as necessidades do abrigo.

Edilânia disse que eles vão produzir um relatório sobre a conjuntura do atendimento que está sendo feito e verificar quais são os apoios necessários. “Não só para Boa Vista, mas também para Pacaraima”, disse e acrescentou que nesta sexta-feira, 30, o grupo se deslocará para Pacaraima, a fim de fazer também um levantamento da situação lá. “Eles relataram que trabalham de forma rápida e que dentro de 15 dias darão um retorno sobre qual apoio será despendido a esse público”.

Atualmente, existem no abrigo 297 pessoas, destes, 38 não indígenas. A secretária explicou que na próxima segunda-feira, dia 3 de julho, irá a Brasília para se reunir com equipes do MDSA (Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário) e da Casa Civil da Presidência da República. “Já temos um projeto encaminhado pela Setrabes visando a atender tanto os abrigados do CRI aqui de Boa Vista quanto os de Pacaraima, onde está sendo avaliada a adequação de um prédio para receber essas pessoas que estão em situação de calamidade”, finalizou.

Seja o primeiro a comentar on "Setrabes se reúne com equipe para verificar as necessidades do abrigo"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*