Unidades de saúde ampliam atendimento no Recanto das Emas

A partir de agosto, a UBS 2, por exemplo, funcionará das 7 às 19 horas e atenderá aos sábados de manhã

Com dez unidades básicas de saúde (UBS), nove delas já atuando com equipes de Estratégia Saúde da Família, o Recanto das Emas conseguiu subir de uma cobertura de atenção primária de 47%, em dezembro de 2016, para 68% neste ano.

O avanço foi obtido com pequenas alterações na UBS 2, que agora se prepara para superar o modo tradicional de atendimento. “Dividimos as equipes por área de abrangência e passamos a atender por demanda espontânea, não só por consulta marcada”, explica o gerente da unidade, Elzir Nascimento.

Segundo ele, serão formadas três equipes de transição para consolidar a mudança, assim que chegarem nove médicos de família à unidade. Com esses reforços, a saúde da família passará a atuar com seis equipes completas.

Para ajudar os pacientes na identificação do novo modelo, as equipes passaram a ter outra classificação. “Antes, o paciente procurava a sala do adulto, a da criança ou a da mulher. Agora, dividimos as salas por cores, de acordo com a área de abrangência. Então, quando ele chega, já vai direto ao local de referência”, explica.

Das dez unidades básicas do Recanto das Emas, nove já atuam com equipes de saúde da família

Formadas as equipes da UBS 2, elas se juntarão a outras 23 de Estratégia Saúde da Família que atuam no Recanto das Emas para atender uma população de mais de 142 mil habitantes.

Na UBS 4, na qual atuam seis equipes de saúde da família, algumas mudanças também têm colaborado para melhorar o atendimento, dentro do que prevê as Portarias nº 77 e 78.

Uma delas amplia o horário de funcionamento em uma hora, e o atendimento passa a ser das 7 às 19 horas, de segunda a sexta-feira. Aos sábados, a unidade também passará a atender no período da manhã.

A supervisora administrativa da unidade, Lilia Amália, informa que o esquema de agenda aberta organizou o atendimento na região. “Pacientes classificados na cor verde são encaminhados à nossa unidade. Diante disso, temos 50% de atendimento com agenda marcada e a outra metade por demanda espontânea”, explica.

Com essa nova dinâmica, o pequeno João Victor Santos, de 2 anos, foi beneficiado. “Ele precisou fazer exames e eu teria de levar a um médico para ver os resultados e fui encaminhada para uma unidade básica de saúde. Vim aqui e fui prontamente atendida, muito bem acolhida”, conta a mãe, Jeciane Santos.

Atendido pelo pediatra Alexandre Garcia Barbosa, o garoto saiu examinado, medicado e com todas as orientações necessárias.

Unidade-escola recebe residentes multiprofissionais

Para dar ainda mais celeridade e qualidade ao atendimento, a UBS 4 está se tornando unidade-escola para residências multiprofissionais em Saúde da Criança e do Adolescente.

Nessa mesma linha, a UBS 3 tem sido adequada para se tornar unidade-escola na especialidade de Medicina de Família e Comunidade. São esperados residentes da Escola Superior de Ciências da Saúde e da Universidade de Brasília (UnB).

Para o médico Vinícius Ximenes, a presença de estudantes em unidades hospitalares ajuda a aprimorar o atendimento. “De certa forma, a interação com residentes instiga o preceptor (profissional que desempenha esse papel educacional junto aos estudantes) a manter-se atualizado, a primar pelas melhores práticas, técnicas e até na parte científica”, argumenta.


Seja o primeiro a comentar on "Unidades de saúde ampliam atendimento no Recanto das Emas"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*