Aumento nos preços da carne e do trigo eleva custo global dos alimentos, diz ONU

O custo da carne aumentou a nível internacional - Foto: Agência Brasil/Arquivo


O aumento internacional dos preços da carne e do trigo fez com que o custo dos alimentos a nível global subisse em junho, segundo a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). O Índice de Preços dos Alimentos, divulgado hoje (6) pela FAO, em Roma, atingiu uma alta de 1,4% em relação a maio e está 7% acima do mesmo período de 2016. A informação é da ONU News.

O custo dos cereais aumentou 4,2%, influenciado pelos preços do trigo com alto teor de proteína, que teve suas condições de cultivo agravadas nos Estados Unidos. Já os valores do milho diminuíram devido a colheitas recordes na América do Sul. Outra queda ocorreu no açúcar, que baixou 13% em relação a maio. O custo do produto no mercado internacional tem caído desde fevereiro por causa da sua grande oferta de exportações, em particular pelo Brasil.

De acordo com a FAO, as compras de açúcar pelo principal importador mundial, a China, diminuíram depois da imposição de altas tarifas de importação.

Carne mais cara

Também registraram aumentos os preços da carne e dos lacticínios, enquanto o valor das oleaginosas caiu. A FAO prevê ainda que a produção mundial de cereais este ano seja de 2,59 bilhões de toneladas, uma queda de 0,6% em relação a 2016. A redução deve-se a cortes nos produtos de cevada e trigo, principalmente na União Europeia.

A produção mundial de trigo deve chegar a aproximadamente 740 milhões de toneladas, marca que está cerca de 0,4% abaixo da previsão anterior. A principal razão são as fracas culturas no bloco europeu e na Ucrânia.

Seja o primeiro a comentar on "Aumento nos preços da carne e do trigo eleva custo global dos alimentos, diz ONU"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*