Hugol completa dois anos com mais de 3 milhões de procedimentos


O Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira (Hugol), do Governo de Goiás, completa dois anos de funcionamento nesta quinta-feira, dia 6, atingindo a marca de 3,2 milhões de procedimentos realizados, dentre internações, atendimentos ambulatoriais, de urgência e emergência e equipe multidisciplinar (2.304.971).

Para comemorar o aniversário, foi realizado na manhã desta quinta-feira, dia 6, um culto ecumênico no Auditório Francisco Ludovico,  na unidade de saúde em Goiânia. Nesses dois anos, foram realizadas mais de 28.032 cirurgias, 908.644 exames; 21.144 transfusões e 14.953 coletas de sangue. Apenas os números dos exames podem ser alterados, pois o mês de junho de 2017 não foi validado pela prestadora do serviço.

Para o diretor-geral Hélio Ponciano Trevensol, o hospital representa muito para a saúde pública goiana por ser referência no atendimento de trauma pediátrico e é o único hospital público que recebe pacientes vítimas de queimaduras. São dez leitos de enfermaria e sete de UTI destinados ao atendimento especializado. O Hugol é gerido pela Organização Social Associação Goiana de Integralização e Reabilitação (Agir).

A Unidade de Queimados conta com equipe médica (plástica e intensivista), enfermagem e multiprofissional (fisioterapia, terapia ocupacional, psicologia, fonoaudiologia e serviço social) especializadas e dedicadas para o atendimento dos pacientes com queimaduras; aparelhos modernos, produtos e curativos específicos; e agilidade para a realização de exames (imagem e laboratorial).

Hugol 2

Hugol possui localização estratégica, próximo às saídas para a GO-070 e GO-080.

O diretor Hélio Ponciano destaca a importância da localização estratégica, próximo às saídas para a GO-070 e GO-080, para facilitar o acesso das ambulâncias ao serviço médico. O Hugol apresenta um perfil de alta e média complexidades, com atendimentos em urgência e emergência, contando atualmente com 245 leitos, dentre eles 46 de Unidade de Terapia Intensiva, distribuídos entre leitos para adultos, crianças e vítimas de queimaduras.

Além disso, possui banco de sangue próprio, ambulatório para atendimento aos pacientes que passaram por cirurgias e um centro de diagnósticos de alta precisão e complexidade para exames laboratoriais e de imagem. Depois que entrou em funcionamento, por ter o perfil voltado para casos de urgência e emergência, o Hugol desafogou a demanda no Hospital de Urgências de Goiânia (Hugo).

Referência
O secretário de Saúde, Leonardo Vilela lembra que o Hugol é o maior e mais moderno hospital de urgências da Região Centro-Norte do País. “Construir e manter uma unidade desse porte é sinal de que Goiás busca promover para a população uma saúde que seja referência”. Ele destaca ainda que a unidade conta com atendimento de especialidades médicas muito carentes na rede pública, como de cardiologia, neurologia e de queimados. “Foi planejado para suprir as demandas reprimidas da Saúde pública goiana”, comenta.

Para a realização dessa assistência, 100% via Sistema Único de Saúde (SUS), o Hugol conta com uma equipe multidisciplinar, composta por profissionais das áreas de medicina, enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, serviço social, terapia ocupacional, biomedicina, buco-maxilo-facial, psicologia, farmácia e nutrição clínica, além de colaboradores das áreas administrativas e de apoio.

Educando em saúde

Com os programas institucionais promovidos pelo Hugol (Pare – Prevenção de Acidentes e Reeducação para o Trânsito com blitze educativas, Hugol nas Escolas e Hugol na Comunidade), a unidade já interagiu com cerca de 25 mil pessoas, dentre motoristas, alunos dos colégios e moradores da Região Noroeste de Goiânia nos procedimentos de saúde, cidadania e entretenimento.

Banco de Sangue

Hélio Ponciano destaca que o Hugol também é o único hospital público que conta com o próprio banco de sangue e realiza, em média, 800 transfusões por mês, para atender principalmente pacientes traumatizados ou politraumatizados. “Aqui se faz a conscientização das pessoas sobre a importância da atitude de doar sangue para salvar vidas”, afirma.

Segundo ele, o diferencial do hospital é o atendimento humanizado. “O Hugo é o hospital que possibilitou o maior número de doações de órgãos para transplantes e as equipes têm trabalhado para o acolhimento e a conscientização das famílias de pacientes com morte encefálica para autorizar a doação, disse.

Hugol na Comunidade

Hugol na Comunidade

Seja o primeiro a comentar on "Hugol completa dois anos com mais de 3 milhões de procedimentos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*