Homicídios caem 22,1% no Distrito Federal no primeiro semestre de 2017


Balanço divulgado ontem (7) também mostra redução nos roubos a residências, em veículos e no comércio

As estatísticas relacionadas à maioria dos crimes monitorados pelo programa Viva Brasília — Nosso Pacto Pela Vida — apresentaram redução significativa nos seis primeiros meses de 2017 no Distrito Federal.

De janeiro a junho deste ano, 240 pessoas foram vítimas de homicídio, contra 308 em 2016. A redução foi de 22,1%. No período analisado, ocorreram 7,7 execuções para cada grupo de 100 mil habitantes, enquanto a taxa do ano anterior ficou em 10,2.

Quando o recorte leva em consideração apenas o mês de junho de cada ano, o resultado da política de combate à violência se mantém positivo, com queda de 16,7% no número de pessoas assassinadas.

1.593
Número de condutores autuados, apenas em junho de 2017, por dirigir sob efeito de álcool

Os latrocínios (roubos seguidos de morte) também diminuíram de 22 para 18 na comparação semestral. As informações foram divulgadas ontem (7), pela Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social.

Roubos a residências, em veículos e no comércio

Os números ainda apontam queda de 2,3% nos roubos a residências. Enquanto no primeiro semestre de 2016 ocorreram 469 delitos dessa natureza, foram 458 neste ano. Já na comparação apenas dos meses de junho de 2016 e de 2017, houve alta de 36,8%.

Segundo a cúpula da Segurança Pública, o policiamento direcionado a áreas com maior mancha criminal fez com que a capital do País registrasse queda na quantidade de roubos a comércio.

Foram 1.540 em 2016, contra 1.080 em 2017, o que configura uma redução de quase 30%. Caíram também os roubos de veículos (- 4,9%) e os furtos no seu interior (- 5,8%).

Uma das preocupações das forças que integram a segurança pública no DF é quanto aos roubos em transporte coletivo, que tiveram alta de 11,8%. Passaram de 1.269 ocorrências, nos seis primeiros meses de 2016, para 1.419 no mesmo período de 2017.

Outro bom indicador nos números é a diminuição de 40% das mortes no trânsito. De janeiro a junho de 2016, 191 pessoas perderam a vida nas vias e estradas do Distrito Federal. Já em 2017, o número caiu para 115.

As estatísticas em declínio são resultado das frequentes operações do Departamento de Trânsito (Detran) e da Polícia Militar do DF para retirar das ruas motoristas imprudentes. Só no mês de junho deste ano, 1.593 condutores foram autuados por dirigir sob efeito de bebida alcoólica.

Seja o primeiro a comentar on "Homicídios caem 22,1% no Distrito Federal no primeiro semestre de 2017"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*