Manancial em Fernando de Noronha sangra após fortes chuvas


O Açude Xaréu, uma das fontes de abastecimento de água em Fernando de Noronha, sangrou, no último sábado (15), após oito anos. Até a semana passada, o reservatório estava com 70% da sua capacidade, mas com as chuvas intensas registradas na ilha nos últimos dias, o Xaréu atingiu o seu volume máximo de acumulação, que é de 500 mil metros cúbicos.

Choveu 217 mm nos últimos quatro dias em Fernando de Noronha, 14% acima do esperado para o mês de julho, segundo a APAC. O reservatório do Xaréu é responsável pelo atendimento de 60% de Fernando de Noronha e a complementação da distribuição vem da água do mar. A Compesa mantém na Ilha uma Estação de Dessalinização, o maior sistema já utilizado no Brasil para abastecimento humano. A companhia já está desenvolvendo estudos para ampliar a capacidade de tratamento de água a partir do processo de dessalinização.

Seja o primeiro a comentar on "Manancial em Fernando de Noronha sangra após fortes chuvas"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*