Uespi ganha concessão para biblioteca digital com mais de 3 mil títulos


Ação vai permitir que alunos, servidores e professores tenham acesso ao material.

O acesso a materiais de estudo jurídico antes disponível somente aos procuradores do Estado, agora pode ser acessado por estudantes e servidores da Universidade Estadual do Piauí (Uespi). Por meio de convênio entre a Procuradoria Geral do Estado (PGE), a Uespi e a Editora Fórum, mais de 3 mil títulos serão ofertados gratuitamente para leitura digital de forma simultânea.

Publicações que no mercado custam cerca de R$ 250, por exemplo, podem ser lidas na biblioteca digital da Fórum, empresa brasileira presente em 13 países. Composta por mais de 2 mil renomados juristas, professores e membros das diversas carreiras juristas nacionais e internacionais, a plataforma abriga ainda o formato audiovisual, com mais de 300 conferências, palestras e debates de renomados juristas, totalizando 200 horas de vídeo.

“A Uespi está distribuída em todas as regiões do Piauí e tem sido um custo muito caro montar bibliotecas especializadas em todas essas unidades universitárias. Quando a editora renova a edição, a necessidade de comprar um novo livro também é um empecilho. A biblioteca virtual possibilita um maior número de acesso, tendo em vista que é ilimitado o número de acesso de pessoas que usam ao mesmo  tempo, o que não ocorre com o livro físico”, explicou o reitor da Uespi, Nouga Cardoso.

Paulo Barros

Margarete Coelho destaca o acesso ao material por parte da comunidade acadêmica da Uespi (Paulo Barros)

O material da biblioteca digital poderá ser lido em smartphones, tablets ou computadores de mesa, na residência do leitor ou nos computadores da universidade. Com 32 periódicos especializados, a Fórum é a maior editora com periódicos nota máxima pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Jurista usuária da plataforma, a governadora em exercício, Margarete Coelho, fala de outro benefício da biblioteca digital. “Além de ter no meio virtual, há a possibilidade de imprimir até dois capítulos que ele [estudante] precise, de cada obra. É um grande avanço, um grande presente que a Uespi recebe hoje “, revela Margarete.

Nas publicações da editora estão presentes estudos de Doutrina, Jurisprudência, Legislação de Direito Público e Privado. A Fórum ainda abrange áreas do Direito Administrativo, Ambiental, Constitucional, Civil, Criminal, Econômico, Eleitoral, FInanceiro, Internacional e Municipal. Áreas como a do Direito Previdenciário, do Preocesso Civil, Direito Regulatório, do Terceiro Setor, Trabalhista e Urbanístico e Tributário, também são temas dos títulos.

Base para a educação superior

Para Margarete, uma biblioteca é um fator primordial para a base de funcionamento de uma universidade. “A Uespi, a partir de agora, vai dispor de uma das melhores bibliotecas do Brasil. Para os servidores públicos é uma grande ferramenta, é um grande avanço. O Piauí é hoje o primeiro estado brasileiro a disponibilizar esse tipo de ferramenta aos seus alunos e servidores’, pontuou Coelho.

Os alunos e servidores da Uespi deverão acessar a biblioteca pelo site da universidade. Para mais informações sobre a biblioteca digital, acesse www.bidforum.com.br

Outras ações

Na ocasião, o reitor Nouga cardoso falou sobre a previsão de abertura de 197 vagas para professor para a universidade. Ele falou também sobre a entrega de laboratório que dispensa o sacrifício de animais e da licitação de reforma dos campi da Uespi.

De acordo com ele, deverá ser liberado R$ 1 milhão para equipamentos neste segundo semestre. Nouga ainda lembrou da renomada colocação do curso de Direito da Uespi, campus de Picos, que obteve a 5ª posição no ranking nacional de melhores faculdades de direito do exame da OAB.

Seja o primeiro a comentar on "Uespi ganha concessão para biblioteca digital com mais de 3 mil títulos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*