Brasília Junina: últimas apresentações ocorrerão em Samambaia a partir de sexta (21)


Apresentações das quadrilhas serão na Praça Central da 302 Sul. O grupo Pau Melado será uma das atrações na região administrativa

Depois de passar por Ceilândia, pelo Guará, pelo Paranoá, por Planaltina e por Taguatinga, as apresentações da segunda edição do Brasília Junina chegam ao sexto e último fim de semana de programação.

Desta vez, as quadrilhas estarão em Samambaia, na Praça Central da 302 Sul, em frente à Paróquia Santa Luzia (conhecida como Barca), a partir das 19 horas na sexta-feira e no sábado (22), e das 18 horas no domingo (23).

Apresentações das quadrilhas serão na Praça Central da 302 Sul. O grupo Pau Melado será uma das atrações em Samambaia.

Apresentações das quadrilhas serão na Praça Central da 302 Sul. O grupo Pau Melado será uma das atrações em Samambaia, neste fim de semana. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília

“Samambaia vive e respira o São João. Temos muitos nordestinos que assistem às apresentações”, explica o músico independente e um dos membros fundadores da quadrilha Pau Melado, Hamilton Teixeira, de 39 anos.

O grupo é um dos 40 que receberam apoio de R$ 12 mil cada um da Secretaria de Cultura para participar do Brasília Junina. O objetivo do governo é fomentar a cadeia produtiva de festas juninas e dar apoio para a tradição popular na cidade.

“O Brasília Junina apoia as quadrilhas que já existem, motiva as que estavam para desistir e incentiva as que ainda serão criadas”, diz Teixeira. Segundo ele, o investimento permite transportar o grupo para as apresentações e comprar os trajes e as estruturas para os shows.

Alan Souza, vigilante de 39 anos, e Simony Romanini, recepcionista de 30 anos, são o Lampião e a Maria Bonita das apresentações do Pau Melado em 2017.

“Vemos muita atenção ser dada para a cultura, mas a parte do São João era esquecida. Com o incentivo, os eventos ficaram muito mais organizados”, avalia Simony.

O parceiro de dança também reconhece o valor do apoio. “Se os grupos grandes já têm dificuldade com transporte, imagine os pequenos, que não tinham dinheiro nem para comprar tecidos?”

Edição de 2017 do Brasília Junina teve investimento de R$ 910 mil

Com o sucesso da edição de 2016, o Brasília Junina deste ano teve investimento maior. Enquanto o ano anterior teve gasto total de R$ 400 mil e 22 quadrilhas, a versão de 2017 contou com R$ 910 mil em dinheiro e 40 grupos. O orçamento foi dividido em R$ 430 mil para montagem das estruturas e em R$ 480 mil para contratações artísticas.

Além das seis regiões onde houve apresentação dos grupos contemplados pela Secretaria de Cultura, Sobradinho recebeu parte do financiamento para montagem de estrutura do São João do Boi do Seu Teodoro. Como a festa tradicional da região não recebe quadrilhas, não foi contemplada com exibições do circuito.

Segundo a pasta, o Brasília Junina de 2017 já teve a presença de cerca de 24 mil pessoas em Ceilândia (4 mil), no Guará (mil), em Sobradinho (mil), no Paranoá (12 mil), em Taguatinga (5 mil) e em Planaltina (mil). A expectativa é que mais 5 mil compareçam em Samambaia nos três dias de festa.

Seja o primeiro a comentar on "Brasília Junina: últimas apresentações ocorrerão em Samambaia a partir de sexta (21)"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*