Assentados de Santa Rita do Pardo são beneficiados com títulos de terra definitivos


A equipe de rádio da Subsecretaria de Comunicação de Mato Grosso do Sul produz semanalmente o programa rural “MS no Campo”, com objetivo de levar as principais informações e atividades em prol da agricultura familiar, que tem sido beneficiada com a titularidade definitiva de lotes de assentamentos. Na última semana, os pequenos produtores de Santa Rita do Pardo receberam o documento e, agora, são donos da própria terra.

O “MS no Campo” também vai destacar as ações da Campanha Agosto Lilás para as mulheres, com início previsto para o dia 1º de agosto. A Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) é parceira da Subsecretaria de Estado de Políticas para Mulheres e desenvolve ações de capacitação e estímulo ao empreendedorismo entre o público feminino. A intenção é levar informações para que elas conquistem a renda de forma independente e tenham a conhecimento sobre seus direitos.

Os ouvintes vão poder conferir ainda os detalhes da meteorologia; dicas de segurança no campo; a técnica de climatização da banana utilizada para aumentar a competitividade do produto no mercado, além de uma receita especial com a fruta, entre outros assuntos.

O programa é semanalmente distribuído para as emissoras de rádio parceiras, além de ser disponibilizado para download no portal oficial de notícias do Governo, o Portal MS. As emissoras têm a possibilidade de veicular no horário desejado, de acordo com pesquisas locais de audiência.

A produção é das jornalistas Lívia Machado e Katiuscia Fernandes, com edição de Fernando Blank, e conta com apoio do Instituto do Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul), da Agência Estadual de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), ligadas à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

Seja o primeiro a comentar on "Assentados de Santa Rita do Pardo são beneficiados com títulos de terra definitivos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*