Em tom de união, Caiado e Oposição começam a percorrer Goiás de olho em 2018

A cidade de Formosa, que comemora 174 anos de emancipação política esta semana, foi cenário hoje (03/08) de um grande encontro de lideranças da oposição que buscam novos rumos para o futuro de Goiás. Ao lado do presidente regional do Democratas, Ronaldo Caiado, e do prefeito Ernesto Roller (PMDB), todas estavam com discurso afinado sobre a importância de reunir forças nos municípios para levar o projeto da oposição aos goianos e revelar as ilusões vendidas pelo atual governo para tentar se perpetuar no poder.

Um dos grandes incentivadores do projeto, Ernesto Roller ficou alegre com o prestígio de Formosa junto à classe política e afirmou que o momento era de festa. “Recebemos aqui lideranças importantes de 36 cidades do Estado. É desejo dos goianos que tenhamos um novo rumo, como o que está sendo traçado em Formosa. Aqui não temos promessas, mas sim realizações. Tivemos hoje uma demonstração de força política, de união, ao lado desse senador que nos dá tanto orgulho e tantos benefícios trouxe a Formosa”, assegurou.

O senador garantiu que as tentativas do governo estadual de incitar a divisão não estão prosperando e que a oposição chegará unida às convenções do próximo ano. “Conseguimos hoje aglutinar forças importantes. A oposição não vai se dividir. Podem ter certeza de que o grupo é forte e ninguém estará acima da decisão de colegiado”, garantiu.

Ao discursar para centenas de pessoas que acompanharam a inauguração de obras de recapeamento e a entrega de ônibus e ambulâncias, Ronaldo Caiado lembrou que a função do governo nos últimos 20 anos se restringiu a espoliar Goiás.

“Este governo espoliou o patrimônio de Goiás, dilapidou, desconstruiu tudo o que foi construído. Como o caso da Celg, que era uma referência no Centro-Oeste. Agora usam o dinheiro dela para iludir as pessoas e repetir o velho roteiro para tentar vencer as eleições”, lembrou.

O democrata disse que este encontro inicia a maratona da oposição por Goiás. “Vamos nos preparar e chegarmos no ano que vem nas melhores condições. Não acredito em candidatura individual, mas de grupo. Não vamos marchar sem estarmos com todas essas lideranças que estão aqui hoje. O grupo é um só e está muito bem articulado”, sublinhou.

Uso indevido de dinheiro público

Representando Catalão, o prefeito Adib Elias (PMDB) criticou a tentativa desesperada do governo de usar o programa Goiás na Frente para tentar emplacar o seu pré-candidato ao governo. Para ele, a base não tem uma figura forte com o perfil esperado pelos goianos.

“O governador está usando esse programa para tentar projetar o vice que pode até ter suas qualidades como homem, mas como político é um picolé de chuchu”, disse.

Para Adib, o momento é favorável à oposição, mas requer responsabilidade. “Temos de ter a humildade de escolher aquele que vai ganhar. Que seja aquele nome que a população realmente deseja e tenha chances de vencer e tirar do governo aqueles que nada empreenderam por Goiás. Não tenho dúvida de que esse governo chegou ao final. E se não nos unirmos e perdemos vamos levar mais sofrimento à população”, afirmou.

Irmão do PMDB

Ao afirmar que Ronaldo Caiado é como um irmão do PMDB, o deputado José Nelto (PMDB) garantiu que a oposição terá essa responsabilidade para fazer as suas escolhas. “Temos dois pré-candidatos fortes, entre eles Ronaldo Caiado que é um irmão do PMDB. A oposição estará unida para acabar com esse governo de mentiras e colocar um nome honesto e do povo”, disse.

O prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale (PMDB), chamou a população a refletir sobre a necessidade de mudança no Estado. “Ano que vem teremos eleições. É hora de refletir e pensar o que queremos para Goiás. Queremos continuísmo e Estado de fantasia? Ou queremos escolher pessoas com histórico de trabalhos realizados e em quem confiamos que fará bom uso do dinheiro público?”, questionou, agradecendo o democrata o trabalho que tem realizado junto à oposição.

Para o deputado Paulo Cézar Martins (PMDB), o que se percebe é o fortalecimento do projeto de mudança para Goiás. “Não estamos divididos. Estamos fortalecidos. Temos duas pré-candidaturas muito fortes, uma vai dar certo e vamos apoiar”, assegurou.

Ao final do evento o prefeito de Goianésia, Renato de Castro (PMDB) comentou o discurso de união de Ronaldo Caiado. “Acho que é da forma como o senador falou. Unidos temos as condições para ganharmos em 2018”, avaliou.

Adversário é PSDB

Presente no evento, o ex-prefeito de Guapó, Luiz Juvêncio de Oliveira (PMDB) deixou claro que o posicionamento dos partidos deve ser um só nesta hora. “Esse evento hoje é o pontapé, uma maneira de unir as oposições. Sou da executiva do PMDB e digo que o único adversário que temos é o PSDB”, disse, emendando elogios ao senador.

Os vereadores de Goiânia Paulo Daher (Democratas) e Paulinho Graus (PDT) também acompanharam o senador hoje em Formosa. Com eles estiveram ainda ex-prefeitos, presidentes do PMDB e do Democratas de Formosa e de outros 36 municípios.

36 cidades participantes

Palmelo
Santa Cruz
Ipameri
Goiânia
Catalão
Ouvidor
Campo Alegre
Goiandira
São João d’ Aliança
Posse
Guapó
Corumbaíba
Caldas Novas
Nazário
Água Fria
Alvorada do Norte
Simolândia
Jataí
Santo Antonio do Descoberto
Campos Belos
Sítio d’ Abadia
Cidade Ocidental
Novo Gama
Bela Vista
Anicuns
Ouvidor
Porangatu
Uruaçu
Anápolis
Rio Verde
Goianésia
Planaltina
Valparaíso
Alto Paraíso
Damianópolis
Águas Lindas


Seja o primeiro a comentar on "Em tom de união, Caiado e Oposição começam a percorrer Goiás de olho em 2018"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*