Estados do consórcio Brasil Central farão compra unificada de medicamentos

As discussões em torno de temas econômicos predominaram na reunião dos governadores dos estados do Brasil Central

Os governadores dos seis estados e o Distrito Federal, que formam o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento do Brasil Central, firmaram, nesta sexta-feira (04), em Campo Grande/MS, pacto para unificar a alíquota de produtos comuns para evitar a “guerra fiscal” no bloco.

A iniciativa também fortalece o grupo no trato de questões tributárias com o estado de São Paulo.

A unificação das alíquotas estabelece um mercado comum no bloco e tem impacto sobre produtos da agropecuária, cerveja, cigarros, joias, gasolina, etanol e diesel, entre outros.

A etapa seguinte deste processo é o encaminhamento da proposta de unificação para as assembleias legislativas dos estados para que sejam votadas e aprovadas.

UNIFICADA

O consórcio, que é formado por Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Goiás, Maranhão e Distrito Federal, avançou também na compra unificada de medicamentos para atender a todas as unidades do bloco.

A economia estimada é de até 10%, segundo estudos apresentados pelos técnicos a aprovada pelos governadores.

A proposta da compra unificada tem a vantagem do poder de negociação em razão do volume de produtos a serem adquiridos. O bloco gasta cerca de R$ 500 milhões anuais com estes procedimentos. Cerca de 80% dos medicamentos são para uso oncológico e, por isto, mais caros.

Presente a todas as reuniões do consórcio, o governador Confúcio Moura, de Rondônia, avaliou como positivos os resultados dos trabalhos. Segundo ele, o momento econômico e político do país exige iniciativas inovadoras que respondam aos anseios das unidades federativas.

Confúcio diz que o consórcio está consolidado, tem agenda positiva que é tratada com determinação e zelo. “Nossas conquistas indicam o caminho correto que foi tomado”, diz.

A reunião do consórcio aconteceu no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande, e foi encerrada ao meio-dia desta sexta-feira, com almoço dos governadores.

Seja o primeiro a comentar on "Estados do consórcio Brasil Central farão compra unificada de medicamentos"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*