Banco do Brasil comemora R$ 50 milhões em negócios na Expoacre 2017

Superintendente do Banco do Brasil, Paulo Amaral, relatou o sucesso da instituição em volume de negócios durante a Expocre 2017 (Foto: Gleilson Miranda/Secom)

O superintendente do Banco do Brasil (BB) no Acre, Paulo Amaral, relatou ao governador Tião Viana na manhã desta terça-feira, 8, que a instituição superou todas as expectativas durante a Expoacre 2017. Como resultado, o BB calcula hoje uma onda de negócios que pode chegar a R$ 50 milhões.

A Expoacre é a vitrine que traz anualmente o reflexo dos investimentos nos setores produtivos do estado, sobretudo como cadeias rentáveis aliadas à tecnologia têm se consolidado como modelo de economia sustentável e se tornado destaque no cenário nacional. Só este ano, a feira movimentou mais de R$ 100 milhões em negócios.

Oficialmente, durante os dias de feira, o Banco do Brasil movimentou cerca de R$ 15 milhões, entre abertura de linhas de crédito e financiamentos. Mas a onda de negócios, que são os investimentos estudados pelo banco durante a feira e que terão aprovação em até três meses, faz com que esse número salte para até R$ 50 milhões.

Segundo Paulo Amaral, a prospecção de transações realizadas principalmente no Campus do Agronegócio é o principal motivador dessa onda.

“Estamos num cenário de crise e dificuldades no Brasil todo, mas a Expoacre revelou pessoas querendo investir, e o Banco do Brasil é o banco da agricultura familiar, da indústria, do comércio, e pudemos estar lá atuantes, no Campus do Agronegócio de dia, no nosso próprio estande à noite, e pudemos prospectar ainda mais negócios, com muitas pessoas nos procurando”, conta o superintendente.


Seja o primeiro a comentar on "Banco do Brasil comemora R$ 50 milhões em negócios na Expoacre 2017"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*