Decreto que cria Embaixadas de Portas Abertas será assinado nesta quarta (9)

Estudantes da rede pública vão conhecer mais sobre a cultura e a história de países em visitas orientadas às representações diplomáticas

O governo de Brasília formalizará nesta quarta-feira (9), por meio de decreto, o programa Embaixadas de Portas Abertas. A ideia é proporcionar visitas de estudantes de 9 a 11 anos da rede pública de ensino às representações diplomáticas sediadas na capital do País.

A iniciativa faz parte do programa Criança Candanga, conjunto de políticas públicas voltadas para a infância e a adolescência em Brasília. A solenidade de assinatura ocorrerá no Palácio do Buriti, às 14h30.

Itália, China, Nicarágua, Israel, Gabão, Argélia e Países Baixos estão entre os países que já confirmaram adesão ao programa

O decreto estabelece os termos da parceria da Secretaria de Educação, da Sociedade de Transportes Coletivos de Brasília (TCB) e da Assessoria Internacional do Executivo local com as embaixadas estrangeiras no Distrito Federal.

As atividades ocorrerão às quintas-feiras, ocasião em que os alunos conhecerão mais a história, a geografia, a cultura e a língua dos 12 países que até agora já se tornaram parceiros na iniciativa.

Nicarágua, Israel, China, Gabão, Argélia, Países Baixos e Itália são algumas das nações que já confirmaram adesão ao programa.

As visitas serão feitas durante o ano letivo por alunos selecionados pelas escolas. Embaixadas interessadas em participar devem procurar a Assessoria Internacional do governo de Brasília, por meio do endereço eletrônico assessoria.internacional@buriti.df.gov.br.

Desde a criação do piloto do projeto, em 2015, 500 crianças já participaram das visitas às instituições. A primeira embaixada a receber os estudantes foi a de El Salvador, em 27 de maio de 2015.

Seja o primeiro a comentar on "Decreto que cria Embaixadas de Portas Abertas será assinado nesta quarta (9)"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*