‘Agosto Dourado’ aborda o prazer do aleitamento materno

Erlanne Soares diz que a amentação é um momento mágico. - Foto: Elmano Pantoja


Amamentação proporciona benefícios biológicos e emocionais para as mães
A relação criada pelo vínculo afetivo é um dos temas abordados pelo Banco de Leite Humano (BLH) do Amapá durante a programação do “Agosto Dourado”, mês dedicado como símbolo de luta e incentivo ao aleitamento materno em todo o país.

A intenção é demonstrar que a amamentação é muito mais do que alimentar fisicamente o bebê. É um momento único que a maioria das mulheres não abre mão por tratar-se do fortalecimento do elo entre mãe e filho, com o contato aconchegante do colo materno e a troca de calor entre ambos.

A relação proporcionada pelo aleitamento materno traz benefícios não apenas para o bebê como, também, para a mãe, pois além de ajudar na parte biológica, ajuda no emocional. Para Erlanne Soares, uma das doadoras do BLH, a amamentação é um momento mágico.

“É um vínculo inexplicável, que deixa a mulher mais segura. Desde que me tornei mãe, carrego comigo a frase ‘Não existe leite fraco, o que existe é palpite chato’. Não abro mão de amamentar meu filho. Isso é mágico para mim”, ressaltou a doadora.

Segundo a coordenadora do Banco de Leite, Darcineyde Dias, é sempre importante falar dos benefícios da amamentação. “Toda nossa programação foi voltada em incentivar o aleitamento mostrando que o leite vale ouro e que os benefícios não são apenas para o bebê, como também para a mãe que amamenta. Por isso é importante o apoio do companheiro e de toda a família nesse período”, reforçou.

Dando continuidade na programação, nesta quinta-feira, 17, no Hospital São Camilo, profissionais do BLH estarão palestrando sobre a temática e fazendo esclarecimentos à mães que estão em período de amamentação.

Seja o primeiro a comentar on "‘Agosto Dourado’ aborda o prazer do aleitamento materno"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*