Ambulâncias reformadas começam a retornar para frota do Samu

Ambulâncias reformadas começam a retornar para frota do Samu / Fotos: Ascom/SES


Secretaria de Estado da Saúde (SES) já reformou e recuperou mais de 50% das ambulâncias do Samu, e, além disso, adquiriu, com recursos próprios, 30 novas viaturas

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) em Sergipe é essencial para a população do estado e a melhoria deste serviço está entre as prioridades do Governo de Sergipe. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) já reformou e recuperou mais de 50% das ambulâncias do Samu, e, além disso, adquiriu, com recursos próprios, 30 novas viaturas, sendo seis para suporte avançado e 24 para básico, que estão previstas para chegar em aproximadamente 40 dias.

“Quando a atual gestão assumiu a pasta encontrou das 59 ambulâncias existentes no serviço, apenas de 15 a 20 viaturas operando em média em todo o território sergipano porque as demais estavam com problemas. Assim, constatamos que das 59, 42 ambulâncias tinham condições de recuperação e então, imediatamente, começamos a fazer as reformas nas viaturas e, hoje, das 42, mais de 50% delas já estão recuperadas e em cerca de 20 dias estaremos com todas totalmente reformadas. Com isso, com certeza, já estamos tendo uma grande melhoria no Samu e na assistência a população”, conta Márcio França, superintendente do Samu.

Ele explica que, com as 42 viaturas recuperadas e as 30 ambulâncias novas que foram adquiridas pelo Governo do Estado, em um investimento de mais de R$ quatro milhões, o Samu terá 72 ambulâncias na sua frota, número superior ao que é determinado pelo Ministério da Saúde (MS).

“Teremos em breve 72 viaturas, entre novas e recuperadas, e deixaremos 59 rodando (16 de suporte avançado e 43 de suporte básico) e 13 ambulâncias na frota reserva para que haja troca, caso alguma apresente problemas. Estamos, de fato, trabalhando e preparando um novo Samu”, afirma.

Motolâncias

Com medidas administrativas adotadas pela SES, que estão resultando em uma grande economia mensal, foi possível fazer também a aquisição de 30 novas motolâncias e investir na recuperação de 19 motos.

“Encontramos 19 motolâncias deterioradas, mas já estamos fazendo a reforma delas também e já fizemos a compra de 30 novas motos, que chegarão em cerca de 30 dias. Nosso objetivo é ampliar o efetivo de motolâncias em Sergipe e como temos quatro motossocorristas habilitados pelo Ministério da Saúde eles darão treinamentos aos novos, que deverão ser contratados por meio de Processo Seletivo”, informa o superintendente.

Viaturas de pequeno porte

Pensando em melhorar também os serviços inter-hospitalares, como a remoção de pacientes, principalmente no interior do estado, a SES também fez a aquisição de 26 ambulâncias de pequeno porte, que já chegaram a Sergipe e estão em processo de plotagem.

“Essas ambulâncias de pequeno porte são para fazer transferências de pacientes e levá-los para fazer exames, por exemplo, e elas vão ajudar a desafogar o Samu porque, hoje, esse serviço inter-hospitalar é feito pelo Samu. Com mais esse serviço, conseguiremos dinamizar mais o fluxo da Rede Estadual de Saúde. As viaturas estão sendo plotadas e algumas já estão sendo entregues”, conta Márcio.

Mais ambulâncias

E até o mês de dezembro deste ano, mais 28 viaturas devem chegar a Sergipe, provenientes do Ministério da Saúde, colaborando ainda mais para a melhoria do Samu e para a qualidade dos atendimentos à população.

“O Ministério da Saúde prometeu fazer a entrega até dezembro e, além disso, chegarão mais quatro ambulâncias, provenientes de emendas parlamentares que serão destinadas a determinados municípios. Mas com as compras já feitas de ambulâncias e motolâncias, e com as recuperações de viaturas, já conseguiremos suprir as necessidades emergenciais pré-hospitalares de todo o estado, melhorando em 100% o serviço do Samu. Entretanto, é importante ressaltar que, apesar das dificuldades, o Samu não deixou de prestar assistência a população”, conclui Márcio França.

Seja o primeiro a comentar on "Ambulâncias reformadas começam a retornar para frota do Samu"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*