Batalhão Ambiental e Ibama apreendem madeira ilegal na Transacreana

Madeira já tinha sido serrada e estava sendo estocada (Foto: Cedida BPA)

Agentes do Batalhão Ambiental da Polícia Militar (BPA) e fiscais do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) se deslocaram na última terça-feira, 15, ao Ramal Antimary, na Rodovia Transacreana, para averiguar indícios de desmatamento na região.

A madeira foi retirada em uma propriedade sem autorização dos órgãos de meio ambiente. As castanheiras já tinham sido derrubadas e serradas e estavam sendo estocadas.

A madeira foi apreendida administrativamente pelos agentes públicos. O proprietário da área foi notificado e deverá prestar esclarecimentos aos órgãos competentes no prazo de três dias.

No local os fiscais também encontraram as motosserras utilizadas na derrubada. Todos os equipamentos foram apreendidos.

“Nossas ações têm sido desenvolvidas em parceria com órgãos estaduais e federais. Os autores foram flagrados e devem responder pelos danos causados ao meio ambiente”, disse o major Samir Freitas, do BPA.

Motosserras e outros equipamentos também foram apreendidos (Foto: Cedida BPA)

Operações no interior

Na última segunda-feira, 14, homens da Polícia Militar, acompanhados por fiscais do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), prenderam um morador da Reserva Extrativista do Alto Tarauacá transportando 75 cartuchos para espingarda e pólvora.

Todo o material foi apreendido e o acusado, encaminhado à delegacia do Jordão, para prestar depoimento.

Seja o primeiro a comentar on "Batalhão Ambiental e Ibama apreendem madeira ilegal na Transacreana"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*