Polícia prende quadrilha que era chefiada de dentro de presídio em Sergipe


Durante operação na Bahia e em Sergipe, a Polícia Civil (PC) prendeu ontem (17) 15 integrantes de uma quadrilha, que era comandada do interior do Presídio de São Cristóvão, em Sergipe.

As prisões foram efetuadas por 140 agentes sob o comando da 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior, de Alagoinhas (BA). Eles cumpriram 34 mandados de prisão preventiva e 34 de busca e apreensão nas cidades de Rio Real, na Bahia, e Indiaroba e São Cristóvão, em Sergipe.

Segundo informações da Polícia Civil, os presos faziam parte de uma organização criminosa investigada há mais de dez meses. Sediada em Rio Real, a quadrilha é responsável por mais de 20 assassinatos de traficantes rivais ou usuários de drogas ilícitas endividados.

Outros crimes foram cometidos pelos detidos: roubos, tortura, sequestros e extorsões. Com eles, foram apreendidos dez quilos de maconha e 300 trouxas da droga, oito papelotes de cocaína, uma arma e 11 celulares.

Cerca de 40 pessoas fazem parte da organização criminosa, estruturada em hierarquias e divisões de tarefas específicas para cada função. O líder da quadrilha foi identificado como André Luiz Conceição Ferreira, detento do presídio de São Cristóvão. Segundo a polícia, ele comanda a organização por intermédio da companheira dele, conhecida como Tico. Além de André, foi identificado seu principal braço direito, em liberdade, Luiz Alex Sá Santos, morador de Indiaroba.

Outras 13 pessoas foram presas e outros seis integrantes da quadrilha já haviam sido detidos em operações anteriores.

Seja o primeiro a comentar on "Polícia prende quadrilha que era chefiada de dentro de presídio em Sergipe"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*