Na TV, Caiado fala de projetos e diz que oposição não vai deixar Goiás virar RJ


“Governo deu um Neymar para a JBS”, diz o presidente do Democratas

 

 

O presidente regional do Democratas, Ronaldo Caiado, estreia nesta terça-feira (22/08) as novas pílulas do partido, que serão exibidas também no dia 25 de agosto em horário gratuito no rádio e na televisão. Em 20 inserções de 30 segundos, o senador vai falar sobre a necessidade de as lideranças estaduais se unirem para mudar Goiás e de seus projetos como parlamentar nas áreas de saúde e segurança pública.

Em uma das quatro pílulas programadas, Ronaldo Caiado lembra que Goiás está perto de repetir o caos financeiro que o Rio de Janeiro enfrenta. “Uma luta se vence quando estamos unidos. O Brasil se uniu, foi às ruas para não nos transformarmos numa Venezuela. Não podemos permitir que Goiás se transforme no que estamos assistindo no Rio de Janeiro. Lideranças em todo o Estado já estão se unindo. Vamos debater os problemas, mudar o cenário político do nosso Estado. Participe também dessa mudança. Estamos juntos para mudar Goiás”, convidou.

Em outras duas pílulas ele falou sobre projetos que apresentou no Congresso para melhorar a saúde e a segurança. Nesta última área ele mencionou texto apresentado recentemente que prevê a destinação de 2% do valor arrecadado em loterias para um fundo de segurança. “A segurança pública de Goiás é uma das piores do Brasil. Temos o quinto maior número de homicídios e o segundo lugar em assassinato de mulheres e mais da metade das cidades estão sem delegados. Ingressei com um projeto que destina 2% do valor bruto arrecadado pelas loterias para os fundos de segurança. Mas vamos lutar também para acabar com o bolsa bandido. E equipar nossa polícia”, disse.

Já na área da saúde, o senador destacou duas lutas importantes. “Como médico, conheço as necessidades da saúde pública. Como parlamentar, sou autor da emenda que destina 25% da arrecadação com royalties de petróleo para a saúde. Temos também uma proposta que cria a carreira de Estado para médicos, tornando possível a presença de especialistas no interior. Isso significa mais cardiologistas, neurocirurgiões, pediatras e ortopedistas. Medicina digna para a nossa gente”, defendeu.

Ronaldo Caiado também vai usar o seu tempo na TV para falar sobre assuntos que atingem diretamente o bolso do cidadão goiano. “Já pensou ganhar um Neymar de graça para jogar no seu time? Pois bem. O governo de Goiás editou uma lei que concedeu perdão de mais de R$ 900 milhões à JBS. Isso seria legal para empresas que estivessem passando por problemas financeiros. À época a JBS registrava grandes lucros. O governo abriu mão mais de quase R$ 1 bilhão para os irmãos Batista e terão de responder por isso à Justiça. Aguarde! ”, lembrou.

Seja o primeiro a comentar on "Na TV, Caiado fala de projetos e diz que oposição não vai deixar Goiás virar RJ"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*