Integração e sustentabilidade marcam audiência pública do Plano Metropolitano em Viana


A audiência pública do Plano de Desenvolvimento Metropolitano da Grande Vitória em Viana reuniu mais de 100 pessoas, que debateram sobre a necessidade de maior integração, sobretudo no que diz respeito à mobilidade, entre os sete municípios que compõem a Região Metropolitana da Grande Vitória (RMGV), formada por Cariacica, Fundão, Guarapari, Serra, Viana, Vila Velha e Vitória. A temática da sustentabilidade, com a preservação dos rios e criação de parques metropolitanos, também foi marcante no evento, que ocorreu na noite desta quinta-feira (31), no Teatro Municipal. Entre os presentes, estavam autoridades locais, secretários estaduais e do município, vereadores da municipalidade, além de moradores e representantes de movimentos populares do Estado.

O Plano de Desenvolvimento Urbano e Integrado (PDUI) vem sendo realizado desde novembro do ano passado, no âmbito do Conselho Metropolitano de Desenvolvimento da Grande Vitória (Comdevit) e coordenado pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). A diretora-presidente do IJSN, Gabriela Lacerda, iniciou o evento, ressaltando que o objetivo destas audiências públicas é discutir as funções públicas de interesse comum aos sete municípios da RMGV. “Hoje não estamos aqui discutindo o problema somente de Viana, mas as questões metropolitanas a fim de planejar uma metrópole mais dinâmica”, declarou.

O secretário de Economia e Planejamento do Governo do Estado, Regis Mattos Teixeira, também se pronunciou e destacou a importância da discussão das questões de Mobilidade Urbana, Desenvolvimento Econômico, Ordenamento Territorial e Meio Ambiente no âmbito metropolitano.

O prefeito do município, Gilson Daniel, afirmou que Viana já tem trabalhado alguns planos nas áreas de saneamento básico, mobilidade urbana, entre outras. “Viana está com o olhar no futuro e estamos abertos a trabalhar em conjunto com o Plano Metropolitano para que possamos ter uma região mais integrada”.

A coordenadora do PDUI, Leticia Tabachi, explicou as fases de elaboração do Plano e uma síntese das quase 200 propostas recebidas até o momento, que contemplam ações a serem implementadas a curto, médio e longo prazo, objetivando um melhor planejamento da metrópole daqui até 30 anos.

A audiência pública contou com a participação de vários cidadãos metropolitanos que estavam presentes e que também contribuíram com propostas para a RMGV por meio de formulário por escrito. Até o final do mês de setembro, o PDUI vai receber contribuições da população por meio do site planometropolitano.es.gov.br.

Na próxima segunda-feira (04), a audiência pública do PDUI será realizada no município Vila Velha, no auditório da prefeitura. Confira o calendário completo das audiências públicas.

Seja o primeiro a comentar on "Integração e sustentabilidade marcam audiência pública do Plano Metropolitano em Viana"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*