Alunos e professores participam de missa de aniversário

Atualmente a escola atende mais de 600 alunos do 6º ao 9º ano


Da sala de aula para a Igreja Matriz, no Centro. A troca de ambiente foi por uma razão especial: celebrar a missa de 68 anos de criação da escola Estadual Euclides da Cunha, nesta quarta-feira, dia 6. A missa foi celebrada pelo diácono Alberto Martins e teve a participação da pastora Francisca Moura. Professores, familiares e 400 estudantes participaram da celebração. Antes da missa, os alunos cantaram o hino da escola, intitulado ‘Euclides da Cunha’.

“Estou na gestão da escola há três anos. É uma satisfação enorme vivenciar este momento de uma escola de tradição, por onde já passaram pessoas que deixaram e deixam marca na história do Estado. Apesar de ser laica, a missa é forma de relembrar o começo da criação da escola e a contribuição de padres e madres que já passaram pela unidade”, disse Wuisilene Rufino, gestora da escola, que atende mais de 600 alunos dos 6º ao 9º anos.

Depois da missa, os estudantes retornaram para escola para cantar os parabéns e fazer apresentações culturais. A programação começou na segunda-feira com hasteamento da bandeira. Na terça-feira teve o III Sarau Poético e apresentações artísticas e o encerramento foi nesta quarta-feira com a missa.

A estudante Juliana Carolina, 12 anos, do 6º ano, fez um poema para homenagear a escola. Ela também faz aniversário no mesmo dia. “A honra é toda minha. Foi a escola que minha família escolheu para mim, por conta do histórico que tem’, comentou.

Parte do poema que foi escrito em uma tarde diz: “Conto a história da escola Euclides da Cunha, antiga, tradicional e com grandioso nome a zelar. Belíssima é tua história de levar conhecimento e dignidade a todos que estudam aqui. Seu objetivo é ensinar e valorizar gerações e gerações que ainda estão por vir”.

HOMENAGEM – O nome da escola é uma homenagem ao escritor brasileiro Euclides da Cunha, autor de obras de destaque na literatura brasileira. Foi fundada em 1949 pelo professor Aloísio Neves com o nome de Ginásio Euclides da Cunha (GEC), no período do extinto Território do Rio Branco.

A instalação oficial ocorreu em 06 de setembro de 1950, sendo que no ano seguinte, o direito de propriedade do ginásio foi doado à Prelazia do Rio Branco. Desde 1997, a unidade passou a ser denominada Escola Estadual Euclides da Cunha.

Em 2000, a Diocese de Roraima vendeu o direito de propriedade para o Governo do Estado, tornando-a totalmente pública. A Escola Estadual Euclides da Cunha fica na Rua Inácio Magalhães nº 112, no Centro da cidade.

Seja o primeiro a comentar on "Alunos e professores participam de missa de aniversário"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*