França vende à Argentina cinco aviões de combate Super Étendard usados


A França vendeu cinco aviões de combate usados “Super Étendard” à Argentina, que conta com uma frota militar obsoleta e organizará eventos internacionais nos próximos anos, disse nesta terça-feira à agêncis Reuters o embaixador francês em Buenos Aires, Pierre Henri Guignard.

O acordo dos aviões foi negociado durante conversas sobre a venda de quatro barcos da empresa francesa Naval Group à Argentina, afirmou Guignard em uma entrevista. “Acabamos de ceder cinco aviões caça Super Étendard que são um pouco antigos, mas que são importantes para eles (argentinos)”, disse Guignard.

O Ministério da Defesa da Argentina disse que não podia comentar sobre o acordo de imediato, mas a mídia local estimou que a operação custará o equivalente a cerca de US$ 13,9 milhões.

Segundo o embaixador francês, a venda representa “um montante um pouco simbólico, já que não são aparatos novos”, mas a transação permitirá ao país comprador usar os Super Étendard antes da reunião de cúpula do G-20 (grupo que reúne os 20 maiores países industrializados e em desenvolvimento), que será realizada no final de 2018 na Argentina. Com isso, os argentinos vão poder dispor de aeronaves “operacionais” para reforçar a segurança do encontro, acrescentou o diplomata francês.

O G20 é o principal fórum para a cooperação internacional em questões financeiras e econômicas. Os principais países industriais e emergentes respondem por quase dois terços da população do mundo, mais de quatro quintos do PIB e três quartos do comércio mundial.

Além da cúpula do G20, em dezembro a Argentina sediará a conferência ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC), em Buenos Aires.

Seja o primeiro a comentar on "França vende à Argentina cinco aviões de combate Super Étendard usados"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*