DF lança selo de qualidade para serviços de saúde voltados a adolescentes


O evento ocorreu nesta quinta-feira (9) no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs)

Governo de Brasília cria selo que reconhece qualidade nos serviços de saúde oferecidos a adolescentes no Distrito Federal. O evento de lançamento ocorreu nesta quinta-feira (9) no auditório da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs).

Selo de qualidade é fruto de parceria das secretarias de Saúde e de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude com o Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa).

Selo de qualidade é fruto de parceria das Secretarias de Saúde e de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude com o Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa). Foto: Andre Borges/Agência Brasília

O selo é resultado de parceria entre o Fundo de População das Nações Unidas (Unfpa) e as Secretarias de Saúde e de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude. O órgão da Organização das Nações Unidas (ONU) vai fiscalizar e estabelecer os critérios de qualidade para o atendimento de adolescentes na rede de saúde do DF.

Eles englobam desde acesso livre de discriminação até a integração em diferentes frentes de atendimento, além da educação permanente de profissionais.

A iniciativa é uma das ações do Criança Candanga, programa do governo de Brasília de garantia dos direitos da infância e da adolescência.

O objetivo é reconhecer e incentivar que unidades de saúde ofereçam atendimento e serviços adequados e com qualidade para adolescentes.

“Já temos iniciativas na cultura, na educação e faltava uma de maior peso na saúde”Márcia Rollemberg, colaboradora do governo de Brasília

Presente no evento, a colaboradora do governo Márcia Rollemberg ressaltou a importância da parceria.

“Já temos iniciativas na cultura, na educação e faltava uma de maior peso na saúde”, disse, ao mencionar ações do governo que atendem os jovens, como os Centros Olímpicos e Paralímpicos do DF, o #BoraVencer e o Brasília + Jovem Candango.

O secretário de Saúde, Humberto Fonseca, disse que a certificação vai passar principalmente pelas unidades básicas de saúde (UBS). Segundo ele, com a expansão da saúde da família, será possível ampliar esse atendimento especializado aos jovens.

“Teremos condições para capacitar equipes e assim poderemos melhorar indicadores de condições de saúde que tenham a ver com esse ciclo da vida, como doenças sexualmente transmissíveis e gravidez na adolescência.”

“É uma demonstração do governo de que esse público é prioridade na nossa cidade”, destacou o secretário de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Aurélio Araújo.

Seja o primeiro a comentar on "DF lança selo de qualidade para serviços de saúde voltados a adolescentes"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*