Ministério da Saúde lança campanha contra a proliferação do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya

Mosquitos com Wolbachia no insetário da Fiocruz  Foto: Comunicação/Instituto Oswaldo Cruz

Projeto foi desenvolvido pela Fields360 e visa a conscientizar a população sobre a importância do combate ao mosquito

O Ministério da Saúde dará início, nesta terça-feira (28), ao projeto “Combate ao Mosquito 2017/2018”, campanha integrada criada pela agência brasiliense Fields360. O objetivo consiste em mobilizar e conscientizar a população de que o combate à proliferação do mosquito Aedes aegypti começa dentro da própria casa, é responsabilidade de cada um e pode gerar mudança positiva na vizinhança.

Para isso, a campanha utilizará depoimentos reais de três personagens que tiveram suas vidas transformadas de alguma forma pelo mosquito: Luciano Alencastro, morador de Fortaleza-CE, que sofre de chikungunya; Rosineide Mota, moradora de Bom Jardim-PE, que perdeu a filha por causa da Dengue; e Irailde Paiva, moradora de Manaus-AM, que tem uma filha com microcefalia em decorrência do Zika vírus na gestação.

A campanha sugere a reflexão da população em relação à responsabilidade individual e coletiva. Buscamos mostrar, por meio de histórias reais, as consequências do mosquito na vida de famílias brasileiras. As pessoas precisam se sensibilizar e juntar esforços para combater o mosquito.“, comenta Juliana Vieira, coordenadora do Núcleo de Publicidade do Ministério da Saúde.

A campanha será veiculada na televisão, rádio, internet, redes sociais, OOH (Out of Home) e DOOH (Digital Out of Home), em território nacional e, com mais frequência, em regiões com maior incidência de Zika, Dengue ou Chikungunya, com peças com abordagem geral sobre o tema e outras segmentadas para cada doença. Também foram preparadas peças de não mídia, como cartazes e panfletos informativos, que serão distribuídas. Todos os materiais da campanha estarão concentrados no site saude.gov.br/combateaedes, com outros materiais de referência na procura por mais informações sobre as doenças.

Além disso, a partir de 8 de dezembro, todas as sextas-feiras desse mês serão celebradas como “Sexta sem Mosquito” – um dia de mutirão de limpeza contra os insetos que busca mobilizar a comunidade, os órgãos públicos e privados e os parceiros na luta contra os focos de reprodução dos mosquitos. Também haverá ações especiais em escolas, praças e espaços públicos para promover o combate ao inseto.

 

Seja o primeiro a comentar on "Ministério da Saúde lança campanha contra a proliferação do mosquito transmissor da Dengue, Zika e Chikungunya"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*