De Norte a Sul: 8 eventos para brasileiros se esbaldarem no Uruguai

Bodega Moizo

Vizinho celebra dia internacional do Enoturismo em novembro

País movimenta turismo enológico ao lançar centenas de atividades por todo seu território em Dia Internacional do Enoturismo

Uruguai é o primeiro país sul-americano a celebrar o Dia Internacional do Enoturismo. Já em sua 5ª edição, turistas e cidadãos contam com uma infinidade de atividades que acontecerão durante todo o mês de novembro, principalmente no segundo fim de semana, de 10 e 11.

Vinícolas e outros protagonistas desse setor terão ações especiais abertas a todos os públicos e bolsos. Produtos e cultura enfatizando a importância dessa atividade distribuída em todo país será a marca dessa data no Uruguai.

O primeiro evento começa em Rivera, estado fronteiriço ao Brasil, do dia 6 a 18 de novembro com o Festival Binacional de Enogastronomia e Produtos do Pampa. Já no segundo fim de semana iniciam as programações especiais em vinícolas de Canelones:  PizzornoMarichalViñedo de Los Vientos e Moizo, de Colônia: Campo Tinto e Zubizarreta e, de Maldonado: Bodega Garzon. As agendas estão mais abaixo e podem ser conferidas no link: Día Del Enoturismo .

Festival Binacional Enogastronômico

Festival Binacional de Enogastronomia e Produtos do Pampa busca valorizar dentro do Calendário de Integração Turística e Cultural da Fronteira Brasil – Uruguai, a culinária fronteiriça e a rica produção vinícola, em especial de Sant’Ana do Livramento e Rivera, através de ações de convivência, cooperação e intercâmbio que auxiliem na criação de um polo turístico Enogastronômico na região, revelando toda a singularidade e a diversidade local.

A Região Norte do Uruguai, com clima e solo dentro do mesmo bioma Pampa, também tem investido em vinhedos de qualidade, sendo o Tannat o seu produto reconhecido em concursos internacionais e que iniciou a produção vitivinícola do Uruguai em nível comercial. Atualmente Sant´Ana do Livramento e Rivera possuem 5 vinícolas, que investem em mais parreirais e tecnologia, com vinhos de excelente qualidade. Cenário em que se abrem novas oportunidades para o desenvolvimento do Enoturismo na região, um exemplo é a Cerro Chapéu (www.cerrochapeu.com), vinícola uruguaia construída dentro de um cerro para otimizar recursos e usar a gravidade na vinificação com mínima intervenção.

As Fronteiras são zonas nas quais se acumulam e se intensificam todas as relações vitais de interpretação, de contato e de oposição entre os elementos das sociedades políticas, econômicas, culturais e linguísticos permitindo a formação de uma identidade regional fronteiriça.

A culinária faz parte desta regionalidade e permeia este espaço de fronteira. Hábitos alimentares, pratos, produtos e preparos estão presentes nos dois lados da fronteira Brasil e Uruguai, unidos por um bioma semelhante, o “Pampa”, uma ocupação territorial que girou em torno da pecuária e da indústria de transformação da carne.

​A comida é o “alimento transformador da cultura” em que cada sociedade estabelece formas diferentes de preparo refletindo as práticas, os costumes e a memória de seus antepassados. A comida é um grande condutor a “memória afetiva”, passada de geração a geração mantendo viva a identidade de um povo.

​A culinária campeira, fruto do sincretismo do Gaúcho, do missioneiro, do indígena e do africano é característica latente nessa região fronteiriça. Essa miscigenação está presente nessa cultura alimentar e ajudou a criar pratos que se tornaram emblemáticos da culinária fronteiriça.

O uso das carnes, de diferentes tipos, em assados na brasa ou preparações no fogão e seus acompanhamentos, traduz a simplicidade, rusticidade e a singularidade desta gastronomia. Chimarrão ou mate, herança dos índios Guarani, que aproxima os dois países, produzindo calor humano e hospitalidade. É um forte símbolo da convivência nesta Fronteira de paz entre Brasil e Uruguai.

Programação Dia Internacional do Enoturismo

Canelone:

Pizzorno :

  • Sábado 10 e domingo 11 de novembro – 11:00 ou 14:30 – A Pizzorno oferece um Up-Grade de uma categoria em qualquer uma das experiências oferecidas pela vinícola.
  • Custo por pessoa: A partir de 30 USD (dólares).
  • Reservar por: WhatsApp mencionando “Day of Wine Tourism” em +598 98 940 444 ou e-mail: reservas@pizzornowines.com.

Marichal :

  • Sábado, 10 de novembro de 2018, das 11h às 15h. – A Marichal oferece um: Pic Nic na com Seleção de queijos harmonizados de  Marichal Premium Sauvignon Blanc, Brusquetas harmonizada com Marichal Reserve Collection Pinot Noir / Chardonnay, Pão de Campo e Empanadas mais Marichal Reserve Coleção Pinot Noir / Tannat finalizando com uma deliciosa Salada de frutas.
  • Custo por pessoa: US $ 950 (pesos uruguaios).
  • Reservas por: http://marichalwines.com/.

Vinhedo dos Ventos :

  • Sábado, 10 de novembro de 2018 – 11: 45hs. – Viñedo de Los Vientos oferece uma bela visita ao vinhedo, observando o crescimento das vinhas da nova safra que está chegando! Depois experiência em fazer parte do processo de envase e rotulagem de seus vinhos!  E então, vamos desfrutar de um delicioso almoço de campo acompanhado dos vinhos.
  • Custo por pessoa: $ 1500 (pesos uruguaios) a partir de 12 anos.

Moizo :

  • Sábado, 10 de novembro – 12:30 – A Familia Moizo oferece passeio nos vinhedos e a parte antiga da vinícola. Alem de um verdadeiro dia de campo acompanhado pelos vinhos produzidos ali e a requintada gastronomia caseira sobre as brasas!
  • Menu de recepção: bebida de boas-vindas com canapés e vários molhos. Entrada: empanadas de carne, presunto, queijo e pinchitos caprese. Principal: leitão grelhado acompanhado de buffet de saladas e legumes assados. Sobremesa caseira com um copo de licor Tannat. adega fina (Cabernet Franc Rosé 2018,  colheita Merlot e Tannat-Tannat Tinto roble 2017, colheita Reserva 2014), suco de uva, suco de laranja e água mineral. Café com biscoitos.
  • As VAGAS são LIMITADAS
  • Custo por pessoa: $ 1400 / aceita cartões de crédito.
  • Transfer de Tres Cruces (rodoviária de Montevidéu): $ 300 (pesos uruguaios) (ida e volta).
  • Apenas com reservas em 098144491 ou e-mail info@bodegamoizo.com.

Colônia:

Campo Tinto:

  • Sábado e domingo (10 e 11 de novembro) – A Campo Tinto oferece um menu especial em seu Restaurante Campo Tinto.
  • O cardápio um típico “Asado Criolo” acompanhado de saladas da horta do local, harmonizados com os vinhos Campo Tinto.
  • Custo por pessoa: US $ 50 (dólares).
  • Reserva por e-mail info@campotinto.com ou ligando para +598 45427744.

Zubizarreta :

  • Sábado, 10 de novembro – 11:30
  • visita guiada à adega, passeio pelos vinhedos e piquenique (tábua de frios, pães e 3 vinhos)
  • Custo por pessoa: $ 700 (pesos uruguaios).
  • Reserva por: +598 99280284 (whatsapp) ou Facebook.

Maldonado:

Garzon Winery :

  • 10 e 11 de novembro de 2018 – 11:30, 13:00 e 14:30 hr.
  • Visita ao Jardim Varietal, Tour pela adega, Experiência sensorial com os descritores de cada vinho e Degustação de 1 Vino Estate e 2 vinhos Reservas.
  • Custo por pessoa: $ 950 por adulto (peso uruguaio), menor de 18 anos $ 475 (peso uruguaio).
  • Reserva por e-mail reservas@experienciasgarzon.comou telefone: +598- 42244040.

 

Mais informações basta acessar sobre Uruguai:

http://www.turismo.gub.uy

www.uruguaynatural.tv

@uruguainatural

Facebook: https://www.facebook.com/ uruguaynatural.fb /

Seja o primeiro a comentar on "De Norte a Sul: 8 eventos para brasileiros se esbaldarem no Uruguai"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*