Ibaneis Rocha prega parceria com Legislativo e começa a articular emendas ao Orçamento

Na tribuna, o emedebista defendeu parceria com todos os deputados, sejam eles da base, da oposição ou de postura independente. Aos presentes na galeria, muitos em busca da aprovação de projeto que prorroga a validade de concurso da carreira socioeducativa, Ibaneis elogiou o pleito e disse pretender contratar todos os concursados

Por Denise Caputo

O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) esteve na Câmara Legislativa do Distrito Federal nesta terça-feira (30). A visita provocou a suspensão da sessão ordinária, marcada pela presença de centenas de pessoas nas galerias do plenário. Na tribuna, o emedebista defendeu parceria com todos os deputados, sejam eles da base, da oposição ou de postura independente. Aos presentes na galeria, muitos em busca da aprovação de projeto que prorroga a validade de concurso da carreira socioeducativa, Ibaneis elogiou o pleito e disse pretender contratar todos os concursados.

O presidente da Casa, deputado Joe Valle (PDT), elogiou a visita do governador eleito e ressaltou a independência entre os poderes. Já o deputado Raimundo Ribeiro (MDB) destacou: “É a primeira vez que um governador eleito e não empossado faz questão de vir à Casa”.

Ibaneis passou mais de uma hora em reunião fechada com os deputados. O objetivo é começar a discutir emendas ao projeto da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2019, de forma a alinhar o texto às propostas de seu governo. Um dos projetos de interesse do governador eleito é a universidade distrital, que, segundo adiantou, conta com recursos insuficientes para o próximo ano.

Ibaneis Rocha disse ter saído “bastante otimista” da reunião. De acordo com ele, foram discutidas propostas importantes para a cidade, como o projeto da Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS) – que, conforme o presidente Joe Valle, deve ser votado em dezembro próximo. Ibaneis elogiou, ainda, a disposição do presidente da Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF), Agaciel Maia, de ajudar com as alterações necessárias à LOA.

Secretariado – O governador eleito anunciou alguns nomes que devem integrar o seu governo. Ericka Filippelli (MDB) – nora de Tadeu Filippelli, também do MDB – foi anunciada como secretária da Mulher. “O convite foi feito e ela disse que aceitaria”, afirmou. Ibaneis apontou, ainda, o nome de Izídio Santos Júnior, do Sindicato da Indústria da Construção Civil (Sinduscon-DF), para chefiar a Secretaria de Obras do DF, confirmando o que já havia dito o vice-governador eleito Paco Britto (Avante).

Perfil – Tendo conquistado quase 70% dos votos válidos nas urnas no domingo último (28), o advogado Ibaneis Rocha é o sétimo governador eleito por votação direta no DF. O novo governante nasceu em Brasília em 1971, mas passou a infância no interior do Piauí. Foi presidente da seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entre 2012 e 2015. Está no segundo casamento, tem dois filhos e espera o nascimento do terceiro para o final deste ano, antes da posse como governador, marcada para o dia 1º de janeiro na Câmara Legislativa.

Seja o primeiro a comentar on "Ibaneis Rocha prega parceria com Legislativo e começa a articular emendas ao Orçamento"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*