Imóveis | Núcleo Bandeirante registra queda de 5,1% em agosto, aponta estudo do Wimoveis

Preço do metro quadrado mais caro do Distrito Federal permanece em Brasília

O Wimoveis, maior portal imobiliário do Distrito Federal, acaba de divulgar o INDEX DF – agosto de 2018, levantamento mensal que avalia os preços do metro quadrado para venda e locação, além da rentabilidade, de imóveis localizados no Distrito Federal.

No estudo, Brasília continua em destaque, com o metro quadrado mais caro da região, girando em torno de R$ 7.923,00/m². Os valores para venda na capital federal também registraram uma valorização de 0,9% no referido mês e de 2,5% nos últimos doze meses. Núcleo Bandeirante foi a área com maior desvalorização, em ambos os períodos de medição, 1% em agosto de 2018 e 5,1% no ano.

Na capital federal os preços estão sendo alavancados, principalmente, por regiões como a Noroeste, cujo valor do metro quadrado está avaliado em R$ 10.072,00. A localização também vem se valorizando ao longo do tempo: 0,5%, somente em agosto de 2018, e 4,3% nos últimos doze meses.

Conheça as cidades mais caras e baratas para compra de um imóvel no Distrito Federal:

Mais caras (metro quadrado)
Brasília R$ 7.923,00
Cruzeiro R$ 6.515,00
Guará R$ 5.311,00
Mais baratas (metro quadrado)
Vicente Pires R$ 2.958,00
Sobradinho R$ 2.827,00
Santa Maria R$ 2.745,00

Já alugar um apartamento padrão, de 65 m², 2 dormitórios e 1 vaga de garagem em Brasília continua sendo duas vezes mais caro que em regiões como Santa Maria (R$ 805,00) e Núcleo Bandeirante (R$ 850,00), por exemplo.

Ainda segundo o estudo do Wimoveis, a maior apreciação anual do preço para locação no DF, de 8%, foi apurada em Vicente Pires. A maior queda, nos últimos doze meses, foi observada em Gama, 5,6%.

Confira agora o ranking das cidades mais caras e mais baratas para locação no Distrito Federal:

Mais caros (preço mensal)
Brasília R$ 2.229,00
Águas Claras R$ 1.285,00
Guará R$ 1.215,00
Mais baratos (preço mensal)
Ceilândia R$ 911,00
Núcleo Bandeirante R$ 850,00
Santa Maria R$ 805,00

Com a rentabilidade média em 5,8% ao ano, Brasília se sobrepõe a outras metrópoles brasileiras, como São Paulo (5,3%), Rio de Janeiro (4%) e Curitiba (4,2%).  O levantamento do Wimoveis apontou, ainda, que a cidade de Sobradinho segue com a maior rentabilidade média anual do Distrito Federal (6,9%). Já Samambaia (4,5%) apresentou a menor capacidade de retorno no período.

A seguir, o ranking das cidades mais e menos atrativas para investir no DF:

Mais rentáveis %
Sobradinho 6.9%
Vicente Pires 6,6%
Núcleo Bandeirante 5,9%
Menos rentáveis %
Guará 4,9%
Ceilândia 4,6%
Samambaia 4,5%

“O mercado imobiliário em Brasília é bastante efervescente, principalmente em um ano de eleições, período em que a procura por imóveis na região naturalmente se expande. Nesse cenário, para quem está buscando alugar um imóvel na capital federal pode se beneficiar com a queda dos preços. Em agosto de 2018, os valores retrocederam 1,5%”, destaca o CEO do Wimoveis, Leonardo Paz.

Seja o primeiro a comentar on "Imóveis | Núcleo Bandeirante registra queda de 5,1% em agosto, aponta estudo do Wimoveis"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*