Turma do STF arquiva inquérito contra Fernando Bezerra Coelho

O senador era acusado de ter recebido dinheiro não contabilizado

Por André Richter

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu nesta segunda-feira (11) arquivar inquérito que tramitava na Corte e investigava o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) pelo suposto recebimento de recursos não contabilizados em 2010.

De acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR), o senador teria recebido R$ 200 mil, valor que não teria sido declarado à Justiça Eleitoral.

A acusação foi feita por ex-diretores da empreiteira Odebrecht que assinaram acordos de delação premiada nas investigações da Operação Lava Jato.

Segundo a defesa do senador, além da falta de provas, o inquérito deveria ser arquivado porque Bezerra entrou para o Senado somente nas eleições de 2014.

Seguindo voto do relator, ministro Gilmar Mendes, por unanimidade, o colegiado entendeu que não há motivos para o prosseguimento das investigações. Para o relator, até o momento,não foram obtidas provas para corroborar as declarações dos delatores.

Os ministros Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Edson Fachin acompanharam o relator. Celso de Mello não participou da sessão.

Seja o primeiro a comentar on "Turma do STF arquiva inquérito contra Fernando Bezerra Coelho"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*