Vantagem de Ibaneis sobre Rollemberg é a maior do país, aponta Ibope

Sondagens do instituto mostram que a disputa pelo GDF é a que apresenta a maior disparidade. São Paulo registra a eleição mais acirrada

Por Caio Barbieri, do Metropoles

Das 14 unidades da Federação onde haverá segundo turno para os governos locais, oito já divulgaram pesquisas de intenção de voto. Pelos números apresentados entre a quarta (17) e a sexta-feira (19/10), o Distrito Federal é a região na qual a distância entre os dois candidatos é a mais latente.

O candidato ao Palácio do Buriti Ibaneis Rocha (MDB) está 50 pontos percentuais à frente do atual governador, Rodrigo Rollemberg (PSB): o emedebista tem 75%, contra 25% dos votos válidos ao socialista, segundo o Ibope.

A grande desproporção registrada entre o primeiro e o segundo colocado ao GDF não ocorre, por exemplo, em Minas Gerais, onde há também grande distanciamento entre os concorrentes ao Palácio Tiradentes. De acordo com o Ibope, Romeu Zema (Novo) conquistou 66% dos entrevistados; e o ex-governador Antonio Anastasia (PSDB) arrebanhou 34%.

No Rio de Janeiro, onde o cenário aparenta favoritismo ao candidato Wilson Witzel (PSC), com 60% da preferência dos entrevistados do Ibope, o segundo lugar – Eduardo Paes (DEM) – alcança 40% dos eleitores que manifestaram opinião. A diferença entre os dois candidatos é, portanto, de 20 pontos percentuais.

No Rio Grande do Sul, onde também há embates entre os dois concorrentes ao governo do estado no segundo turno das eleições, a diferença entre os postulantes está mais próximas. Na liderança, o tucano Eduardo Leite tem 59% das intenções de voto, enquanto José Ivo Sartori (MDB) conquistou 41%.

No Pará, Hélder Barbalho (MDB) aparece no comando da disputa, de acordo com os estudos estatísticos do Ibope, com 58% dos pretendentes. O segundo colocado é Márcio Miranda (DEM), que tem 42%.

Os índices paraenses são os mesmos de Sergipe. O candidato Belivaldo (PSD) aparece no levantamento com 58% das intenções de voto, diz o Ibope, contra 42% alcançados por Valadares Filho (PSB).

A unidade da Federação onde há a menor distância entre os dois finalistas é São Paulo, o maior colégio eleitoral do país. O ex-prefeito paulistano João Doria (PSDB) lidera, com aperto, a disputa. Ele tem 52%. O atual governador, Márcio França (PSB), está em segundo na corrida ao Palácio dos Bandeirantes, com 48%.

Autorizações

As pesquisas Ibope têm confiança de 95% e possuem uma margem de erro de três pontos percentuais, para cima ou para baixo. Os levantamentos estão registrados no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os seguintes números: São Paulo: BR‐07265/2018; Minas Gerais: BR‐09365/2018; Rio Grande do Sul: BR‐08755/2018; Rio de Janeiro: BR-01312/2018; Distrito Federal: BR‐04848/2018; Rio Grande do Norte: RN-07695/2018; Pará: BR-05369/2018 e Sergipe: BR‐ 00435/2018.

Seja o primeiro a comentar on "Vantagem de Ibaneis sobre Rollemberg é a maior do país, aponta Ibope"

Faça um Comentário

Seu endereço de email não será mostrado.


*